Por Que Parece Que Todos No Mundo Estão Protestando Agora? (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora:[Sério] Por que parece que todos no mundo estão protestando agora? Hong Kong, Líbano, Chile e muitos outros são notícia de protestos sérios, generalizados e frequentemente violentos. Por que agora?

Para começar, a maior parte do mundo está entrando no inverno agora, e sempre há mais doenças, depressão e problemas com as condições de vida e suprimentos no inverno do que no verão. Isso é sentido em todas as famílias e pequenas empresas.

Fora isso, com o crescente emaranhado de ameaças existenciais, sejam ataques cibernéticos, armas biológicas, inteligência artificial, mudanças climáticas e guerra nuclear, para citar alguns, é de admirar que nada tenha desencadeado uma reação em cadeia de devastação em massa em todo o mundo.

Talvez uma situação tão crítica possa nos mostrar como uma inteligência superior está nos sustentando no positivo e no negativo, desejando nos ensinar como nos relacionar com a vida?

Não podemos dizer que estamos sobrevivendo e continuando de alguma forma a caminhar pela vida de acordo com nossa própria inteligência. Se dependesse exclusivamente de nós, teríamos terminado há muito tempo.

A humanidade tem dificuldade em entender que a maioria de seus produtos é excedente às suas reais necessidades. Vivemos um jogo em que um jogador lucra com o outro, que compra e descarta todos os tipos de coisas desnecessárias.

Por que concordamos em viver assim?

É tudo para nos dar uma falsa sensação de prazer, e nada resultará disso. Em outras palavras, a natureza humana exige constantemente prazer, mas todos os prazeres que recebemos se dissipam- e sempre ficamos cada vez mais vazios.

Enquanto isso, temos tempo para entender onde estamos, quem somos, como a natureza funciona e como podemos alcançar harmonia e equilíbrio entre a sociedade humana e a natureza.

Os protestos atuais provavelmente desaparecerão em algum momento, e depois devem se reacender. No entanto, apesar de tudo, podemos esperar muito mais protestos no futuro, porque a vida continua se tornando cada vez mais difícil.

Estamos sendo encurralados por todos os lados, a fim de considerar que nossas vidas exigem uma transformação fundamental.

No entanto, onde está a solução? Protestos e tumultos entrarão em erupção. Governos e líderes serão substituídos um após o outro. Tudo isso servirá apenas para nos mostrar que nada pode resolver o quebra-cabeça cada vez mais complexo de nossos tempos.

Além disso, estou muito otimista com essa situação.

Estou otimista porque uma malha tão intensa de complicações serve para nos levar à consciência de que a nossa própria natureza egoísta está por trás de todos os problemas, de que ela é basicamente má e negativa.

Em outras palavras, estamos gradualmente sendo levados a um diagnóstico correto do que há de errado com a condição humana: que a natureza humana egoísta, que deseja apenas consumir prazer apenas para seu benefício, é a causa de todos os nossos problemas.

Quando alcançarmos uma ampla compreensão dessa causa comum para todos os nossos problemas, poderemos começar a corrigi-la.

Quando chegarmos a esse despertar, perceberemos que não há pessoa, líder, gente boa ou má, nenhuma orientação política de direita ou de esquerda a culpar. Existe apenas nossa natureza muito egoísta, residindo sorrateiramente dentro de cada um de nós.

Como podemos corrigir a natureza humana, se ela é a causa de todos os nossos problemas?

Não podemos. Ou pelo menos, não podemos corrigir a natureza humana diretamente.

Para corrigir a natureza humana, precisamos exigir das pessoas que possuem um método para a correção do ego que implementem o método e, ao fazê-lo, mudem a si mesmas e ao mundo para melhor.

Quem são essas pessoas? Quem detém a solução para a rede cada vez mais complexa de problemas nas escalas pessoal, social, econômica, ecológica e global que enfrentamos?

Não é outro senão os judeus.

Parece que os protestos em Hong Kong, Líbano e Chile não têm conexão com os judeus. No entanto, só parece dessa maneira no momento presente. Num futuro próximo, veremos as conexões.

As pessoas ainda sentem que podem consertar algo através de protestos. No entanto, em breve se tornará evidente que não há soluções em protestos, mas apenas na correção da natureza humana, um processo que o povo judeu recebeu a capacidade de ser pioneiro. Simplificando, a correção da natureza humana pelos judeus e o estabelecimento de relações positivas se propagariam a todas as nações, provocando a correção necessária do ego humano. Assim, precisamos apenas exigir tal correção dos judeus.

Eu nos vejo em uma excelente situação. O mundo está se aproximando da consciência de massa da verdadeira causa por trás de todos os seus problemas: a natureza humana egoísta, junto com seu tratamento: o método de correção que os judeus precisam desencadear, para passar por uma grande mudança para uma existência harmoniosa .

Para mais informações sobre o papel dos judeus, recomendo a leitura do meu artigo que publiquei certa vez no The New York Times:Quem é você, povo de Israel?

3 Comentários

  1. Tudo que sei sobre cabala aprendi sozinho, e pra ser sincero sei muito pouco, meu entendimento e uma mistura de intuiçao aguda e intelecçao rapida porem sem muita memoria, de modo que a cada nova liçao que aprendo, quase sempre surge um poema ou cançao…

  2. O pouco que sei e o suficiente para me proporcinar paz e riqueza interior para avançar mais degraus da escada de Betel, ate poder estar nos braços do Pai. Abba Pai.

  3. Tudo que sei sobre cabala aprendi sozinho, e pra ser sincero sei muito pouco, meu entendimento e uma mistura de intuiçao aguda e intelecçao rapida porem sem muita memoria, de modo que a cada nova liçao que aprendo, quase sempre surge um poema ou cançao…sou gentio, da estirpe de Cam e apoio İsrael.

Comente