Super Cola Para Aderir Ao Criador

laitman_962.1Se alguém se mete comigo, devo aceitar isso como uma “ajuda contra”, que me mostra onde ainda não me apeguei ao Criador. Devido a essa interferência, eu me aproximo do Criador e, portanto, desejo a essa pessoa tudo de bom, bênção pelo mal e pelo bem. Afinal, é devido a essas interferências que tenho a oportunidade de me elevar ao Criador cada vez. Sem elas, eu seria incapaz de avançar.

Portanto, por um lado, na vida corporal, devo me defender e lutar contra tais interferências. Mas, em essência, no meu trabalho interno, eu as aceito totalmente e agradeço por tudo de ruim e de bom. São essas interferências que nos trazem correção, embora elas nos custem muito esforço, dinheiro e tempo. O principal é relacionar-se com elas corretamente, ou seja, iniciar uma guerra contra elas, a fim de pedir adesão ao Criador acima delas.

Eu entendo que o Criador me enviou esses obstáculos e quero me apegar a Ele junto com eles. Afinal, minha devoção ao Criador é verificada pela força com a qual me apego a Ele. Digamos, há uma carga pesando 5 kg que quero fixar no teto. Para fazer isso, preciso de cola que aguente pelo menos 5 kg e um pouco mais, para estar do lado seguro. Portanto, avalio a força da cola pelo peso da carga. Se eu colo a carga e ela cai, a cola é mais fraca que o peso da carga; isto é, minha devoção ao Criador é menor que a interferência que Ele enviou.

Mas se peço ao Criador que me ajude a me apegar a Ele com uma força maior que a interferência e me agarro ao teto com todo esse problema, ganho fé acima da razão, a força de adesão, que é mais forte que a interferência sentida dentro da razão.

A cola que recebo do Criador é a luz que vem até mim pelo meu pedido, o poder de doação, Bina, com a qual me apego ao Criador em doação a Ele. Eu quero me apegar a Ele acima dessa interferência que me afasta Dele para que todos os crimes sejam cobertos pelo amor ao Criador.

Mas não há pessoa justa que não tenha pecado anteriormente. Sempre caímos, nos prendendo no próprio obstáculo, em uma pessoa que está nos causando problemas, ou nas situações. Nunca estamos prontos para um obstáculo, porque cada vez ele é novo, um novo Reshimo da quebra é revelado. Somos forçados a cair e sucumbir ao engano, como se o problema não viesse do Criador. Mas já no próximo momento, precisamos voltar à percepção correta. Isso é chamado de “beliscão do diabo” – um beliscão leve é ​​suficiente para se recuperar.

Primeiro, eu grito: “Ai!”, sentindo a interferência, e o segundo “Ai!” Já vem da percepção de que isso não é interferência, mas o Criador que me atrai para Si. Tudo acontece de uma só vez. A única resposta para todo obstáculo é se apegar ainda mais ao Criador. 1

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá, 24/08/19, “Não Há Outro Além Dele”
1 Minuto 27:10

Comente