O Criador Descreve Sua Imagem Do Mundo

laitman_617Minha influência no ambiente determina o que recebo dele, qual será o grupo, qual será meu mundo e como serei. Precisamos entender que o ambiente é o que o Criador descreve para mim e não algo fixo. Cada um de nós tem sua própria imagem e não podemos combinar, adicionar, montar, comparar e combinar essas imagens porque são completamente individuais. Portanto, influenciando o ambiente, eu me influencio.

Cada pessoa deve dizer “O mundo inteiro foi criado apenas para mim”, o que significa que devo entender e me preocupar constantemente com a correção do mundo, satisfazer seus requisitos e orar pelo mundo. O mundo inteiro é o meu desejo no qual vejo especificamente meu próprio estado, e esse é o meu mundo. Se eu mudar meus desejos, minhas qualidades, o mundo que imagino também mudará.

No entanto, para mudar meus desejos corretamente, seletivamente, por minha própria escolha, devo estar em um grupo que me ajude a mudar meus desejos para desejos cada vez mais elevados. Então me sentirei cada vez mais baixo e, portanto, ansiarei por me tornar cada vez mais alto para poder subir e ver mundos cada vez mais altos. Cada imagem que vejo é chamada mundo.

A capacidade de ver uma ascensão constante, isto é, os mundos superiores, é alcançada pela inclusão no grupo e pelo recebimento de desejos superiores aos meus desejos individuais e egoístas. Todo o meu trabalho para o ambiente é, de fato, um trabalho para mim. Dessa maneira, eu me elevo e cresço.

Então, quando uma pessoa diz: “O mundo inteiro é criado apenas para mim”, é realmente assim. No entanto, não é para a pessoa receber o mundo inteiro, mas para corrigir a si mesma e elevar o mundo que ela sente ao mais alto nível, ao mundo em que existe apenas o Criador. Ela sentirá esse mundo no grupo, na dezena, chegando a uma percepção totalmente clara do mundo como HaVaYaH – a dezena, as dez Sefirot nas quais o Criador é revelado em todo o Seu poder. 1

A pessoa que deseja obter equivalência de forma com o Criador não deve pensar se está no controle. Não deveria haver tais perguntas no horizonte; afinal, o Criador não pensa sobre isso. Não há maior disparidade de forma do que quando uma pessoa se preocupa com sua influência no mundo, no grupo. Ela deve se desapegar de tais preocupações e dar tudo isso ao Criador. Portanto, qualquer um que pense em seu próprio controle sobre si mesmo e o grupo está sem dúvida separado do Criador e nunca alcançará equivalência de forma com Ele.

Todas as ações de uma pessoa devem ser direcionadas à adesão ao Criador, ou seja, doação e benefício aos outros, que é a condição para uma adesão completa com o Criador. Ela deve tentar desconectar seu próprio “eu” de qualquer interferência em si mesma e no mundo e mudar-se apenas para doar, a fim de ajudar, dar, influenciar de uma maneira boa, trazer força positiva e nada mais. Então nos aproximaremos do Criador, sentindo-O cada vez mais como nosso parceiro. 2

Da Convenção na Moldávia, “Dia Um”, 06/09/19, “Como Posso Afetar a Sociedade”, Lição 31

1 Minuto 0
2
Minuto 4:45

Comente