Greta No Clima

Dr. Michael Laitman

Da Minha Página No Facebook Michael Laitman 27/09/19

“Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias. No entanto, sou um dos sortudos. As pessoas estão sofrendo. Pessoas estão morrendo. Ecossistemas inteiros estão entrando em colapso. Estamos no início de uma extinção em massa e tudo o que vocês podem falar é sobre dinheiro e contos de fadas do eterno crescimento econômico. Como ousam!” Greta Thunberg

Em um tom direto, teimoso e sem gagueira, Greta Thunberg, ativista ambiental sueca, falou na Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, o protesto global dos jovens contra a negligência da crise climática. Essa garota, que sofria de depressão aos 11 anos e parou de falar; que foi diagnosticada com síndrome de Asperger, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e mutismo seletivo, agora tem 16 anos e lidera um movimento global de jovens contra a negligência da crise climática.

A voz de Greta se tornou a voz de ativistas ambientais em todo o mundo, e ela conseguiu levar mais de quatro milhões de pessoas ao redor do mundo a sair para as ruas. Mas por trás da ingenuidade em movimento, muitos estão usando essa oportunidade para promover suas próprias agendas. É assim que as coisas funcionam no mundo egoísta em que vivemos. Tudo é calculado, baseado em interesses e, no final das contas, vale a pena para alguém. Até mesmo a placa colorida que Greta segurava nas praças vazias das capitais do mundo também faz parte da campanha.

Eu não tenho nenhuma reclamação contra ela ou aqueles atrás dela. Pessoalmente, eu daria a ela o Prêmio Nobel da Paz, do qual é candidata. Afinal, devido às mensagens positivas geradas por seu protesto verde com um quarto da humanidade, o mundo está começando a concordar que há um problema sério aqui, que não podemos escapar das forças da natureza, que o aquecimento global é o resultado da fraqueza da humanidade, e que grande parte da crise climática é uma consequência direta e indireta dos seres humanos.

Assim, dois tipos de natureza se tornam claros: a natureza globalmente interconectada e a natureza egoisticamente desconectada, com zero interação entre ambas. Além disso, as conexões humanas afetam o relacionamento entre todas as partes da natureza, e é por isso que devemos nos alinhar primeiro e principalmente com as leis da natureza.

Todo o ecossistema é integral e a crise climática que afeta a humanidade decorre apenas da atividade humana, de nossa atitude em relação ao mundo. Este não é o resultado do que fazemos com as mãos e pernas, ou que tipo de comida colocamos na boca. Enquanto nossa natureza egoísta permanecer irrestrita e fora de controle, e ninguém na ONU realmente se importar com o equilíbrio ecológico global, exceto pela aparência, podemos dizer adeus ao planeta Terra.

A solução fundamental que nos levará ao equilíbrio com a natureza é o fortalecimento das conexões humanas positivas sobre o ego crescente. A influência negativa da separação entre nós permeia todos os níveis inanimado, vegetativo e animado da natureza. Conforme escrito pelos Cabalistas, “O homem é um mundo pequeno, o mundo é um grande homem”.

Portanto, querida Greta, a cura para tratar os fenômenos globais inicia com nosso relacionamento mútuo como seres humanos. Se realmente chorarmos juntos pela correção social, teremos sucesso. E nisso eu estou com você o tempo todo.

Comente