Evolução Dos Desejos, Parte 13

laitman_600.01Ao Nível Da Interação Absoluta

Pergunta: Uma pessoa consiste em intenção, desejos, sentimentos, emoções, razão e pensamentos. Existem dois tipos de intenções: para si ou para os outros? Existe apenas um desejo – de desfrutar?

Resposta: Sim. Nada mais. Esta é uma qualidade da natureza. Isto é, receber satisfação ou evitar o sofrimento é basicamente o mesmo.

Sentimentos e emoções se manifestam no desejo, na magnitude de seu preenchimento. A mente nos permite perceber com precisão o que queremos.

Observação: Antes eu pensava que a mente é separada, por assim dizer, ou vice-versa, que os desejos servem à mente.

Resposta: A mente nos níveis inanimado, vegetativo e animado pode servir a desejos instintivos. Quando uma pessoa se desenvolve, a mente começa a servir seus desejos humanos.

De fato, precisamos de razão para contornar os desejos inanimados, vegetativos, animais e até humanos, e começar a subir ao nível da interação absoluta, superior à nossa natureza. Essa é a chamada “fé acima da razão”, quando buscamos conexão uns com os outros, apesar de todos os outros desejos e intenções.

Pergunta: Nosso objetivo é corrigir a percepção egoísta natural do mundo, os desejos egoístas – em relação ao próximo?

Resposta: Nem mesmo ao próximo, mas à união: “Ame seu próximo como a si mesmo”. Isto é, devo amar a mim e a meu próximo também. Isso significa unificação absoluta para criar um sistema comum. Portanto, quero ser parte integrante.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá” 19/07/19

Comente