Cabalá E Psicologia: A Relação Professor-Aluno

Laitman_524.01Observação: Na Cabalá, a relação entre professor e aluno é muito importante. Pelo que entendi, não é assim na psicologia.

Meu Comentário: Eu acho que mesmo lá a pessoa se apega ao seu psicólogo. Mas na Cabalá, a conexão de um aluno com seu professor é simplesmente essencial. É necessário que o aluno ouça o professor e tente implementar seus conselhos, mesmo que isso não pareça real.

Um professor na Cabalá é uma espécie de problema para o aluno: ele precisa aceitar o professor e segui-lo de maneira contrária ao senso comum.

Na psicologia, é mais claro. Tanto o psicólogo quanto o paciente estão no mesmo nível egoísta, enquanto na Cabalá, eles estão em dois níveis: o professor está no nível espiritual e o aluno está no material. Portanto, surge um problema.

Pergunta: É verdade que todos os conselhos dados por um professor-instrutor na Cabalá são incompreensíveis para um aluno?

Resposta: Seu significado interno certamente não é claro porque o aluno ainda não está no mesmo nível do professor. A psicologia, em princípio, é possível estudar sozinho e entender o que vem de onde, o que os grandes psicólogos dizem sobre isso, etc.

Isto é, a psicologia está dentro da estrutura de pensamentos e desejos racionais, e a Cabalá, que está fora desses limites, está no que é chamado de fé acima da razão.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 13/12/18

Comente