Blitz De Dicas De Cabalá – 31/03/19

laitman_961.2Pergunta: É possível acelerar a conquista do mundo superior, não esperar 20 anos, mas sim sair mais cedo na Luz?

Resposta: Certamente; pode até acontecer hoje! Cabe somente a você, sua capacidade de se relacionar com o mundo, com o Criador, corretamente.

Pergunta: Como posso entender que estou no caminho que leva ao Criador?

Resposta: É somente de acordo com o grau de união com seus amigos.

Pergunta: Por que pessoas específicas que estão envolvidas com a sabedoria da Cabalá, no entanto, sofrem no mundo físico como pessoas comuns? Será que elas sentem o contrário?

Resposta: Não. Por que elas não deveriam sofrer? Se uma pessoa que começasse a estudar a sabedoria da Cabalá parasse de sofrer imediatamente e algum dinheiro fosse transferido para sua conta bancária, ela ficaria feliz em se envolver no trabalho espiritual, mas não seria mais um trabalho espiritual.

Pergunta: É possível pedir egoísmo materialista adicional se não se deseja criar uma família ou trabalhar?

Resposta: Não. Por que você deveria pedir egoísmo materialista adicional? É possível pedir características espirituais adicionais. Você só deve se esforçar para seguir em frente.

Pergunta: Se todas as possibilidades do mundo são encontradas dentro de mim, segue-se que tudo depende apenas de mim?

Resposta: Certamente; tudo depende apenas de você. O Criador faz tudo, mas apenas de acordo com as instruções de uma pessoa, de modo que não pode haver nenhuma reclamação contra o Criador. Você vai conseguir o que pede.

Pergunta: Qual é o mecanismo que ajuda a determinar a quantidade de informações que você fornece?

Resposta: Geralmente sinto que informação é necessária para os meus alunos. Além disso, este é também um nível compartilhado, o contexto geral. O que eu quero dizer é que se hoje de repente você veio para a aula e se encontrou nesse grupo, eu não me referiria a você, mas àquelas pessoas que são encontradas aqui há não menos de dois anos. Para mim, elas são os consumidores.

Da Lição de Cabalá em Russo, 31/03/19

Comente