Ocultação E Proximidade Do Criador

laitman_962.6Voltar-se à força superior, o Criador, é a coisa mais importante que temos. Um trabalhador do Criador, isto é, uma pessoa que quer avançar no caminho espiritual mais rápido do que o habitual, distingue-se pelo fato de que pede para avançar. Todo mundo avança, toda criatura, tudo está retornando à sua raiz, à completa adesão que já existe, mas que está oculta de nós e precisa ser revelada. O curso natural do desenvolvimento requer muito tempo, sofrimento e golpes ao longo do caminho. No entanto, uma pessoa tem a oportunidade de buscar o progresso por si mesma.

Inicialmente, ela não sente tal necessidade em si mesma; caso contrário, todo mundo estaria pedindo e implorando por isso. Devemos procurar a deficiência correta e, se descobrirmos essa deficiência pelo Criador, estaremos avançando mais rápido do que pelo caminho habitual do sofrimento. Este caminho de aceleração (Achishena) não depende do tempo, mas apenas de nossos esforços, de nosso desejo de nos conectar e revelar o próximo estado desejado, de querer que ele seja revelado.

Ao elevar nossa oração, nosso pedido, aceleramos o tempo, e é por isso que somos chamados de Israel; de outra forma, somos considerados nações do mundo. Essa é toda a diferença entre Israel e as nações do mundo. Israel é apontar diretamente para o Criador (Yashar-El), ansiar por revelá-Lo e aderir a Ele acima do tempo, isto é, mais rápido do que foi estabelecido pela natureza. Ao acelerar o tempo, nos tornamos obreiros do Criador.

Há períodos de tais descidas quando concordamos com tudo o que vai acontecer, perdendo qualquer esperança. Nós caímos no estado de uma pessoa comum, mas depois acordamos novamente pela influência de cima. Então, nos movemos através de descidas e subidas, isto é, uma relativa desconexão e conexão com o Criador. Na descida, chegamos a um acordo com tudo o que temos, caindo no grau de uma besta. No entanto, durante a subida, assim que o Criador nos desperta, estamos preparados para investir esforços, buscando como nos fortalecer e avançar mais.

Os estados estão mudando constantemente: uma faixa preta, depois uma branca. O Criador aparentemente nos ajuda mais, depois menos, e precisamos elevar nossa oração. Em todas as descidas e subidas, nossa participação é minúscula, mas é precisamente o que está incluído na correção e nos desenvolve. Na espiritualidade, não importa quão grande ou pequeno você seja, mas o quanto você adicionou aos seus desejos e os desenvolve.1

A verdade não é como imaginamos de acordo com nossa mente e sentimentos. “Eles têm olhos e não veem; eles têm ouvidos e não ouvem”. Acontece que nunca seremos capazes de descobrir o Criador diretamente, mas somente através da ocultação, pela fé acima da razão.

De fato, o Criador está mais próximo de nós exatamente quando sentimos sua ocultação. Ele se aproxima de nós e descobrimos que não O sentimos, não entendemos e não sabemos. Afinal, uma certa força se aproxima, evasiva e inatingível pela nossa percepção.

Mas este não é um estado de pessoa comum que simplesmente sente e não entende nada. Sentimos a ocultação diante de nós e nossa incapacidade de revelá-lo através de nossos órgãos sensoriais. É precisamente porque o Criador está se aproximando que eu descubro que sou incapaz de alcançá-Lo. O que chamamos de ocultação, descida, é o tempo de maior proximidade com o Criador.2

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 09/07/19, Oração
1 Minuto 0:20
2 Minuto 11:00

Comente