Como Transformar Deficiências Em Méritos?

laitman_245.09Pergunta: Muitas pessoas sofrem com suas deficiências. Como devemos trabalhar com elas?

Resposta: É muito simples: você deve amar a outra pessoa para que através das falhas externas (físicas, fisiológicas) você veja o valor interno dela. Então todas essas falhas externas, ao contrário, enfatizarão o valor interior dela.

Pergunta: Como alguém pode ver as deficiências de maneira positiva?

Resposta: Eu vejo tudo em mim como positivo. Estamos dispostos dessa maneira. Mesmo que às vezes, em alguns momentos muito ruins da vida, eu me xingue e me critique, preciso pensar em quem estou criticando.

A natureza, ou você pode chamar de “o Criador”, que é a mesma coisa, criou você desse jeito. Por que então você a está amaldiçoando? Como você sabe? Talvez você precise de todas essas falhas precisamente para alcançar o nível do Criador subindo acima delas? Afinal, esse é o nosso destino.

Pergunta: Como podemos usar as falhas corretamente para subir ao próximo nível de desenvolvimento?

Resposta: Amor. Ame-os, isto é, ame-os pelo fato de que, precisamente elevando-se acima deles, transformando-os em méritos, alcançamos o mais alto nível de desenvolvimento. Seria impossível subir sem isso.

Pergunta: Qual é o pano de fundo contra o qual uma pessoa verá que tudo o que lhe causa um complexo pode ser usado efetivamente?

Resposta: Ela deve estudar a sabedoria da Cabalá. Ela deve receber exemplos corretos e força desta sabedoria com a qual ela pode tentar mudar a si mesma, exigir, implorar e finalmente mudar.

Pergunta: Qual das suas qualidades ou propriedades que não lhe pareceram tão boas você usou para o desenvolvimento, para a ascensão ao próximo nível?

Resposta: Eu sou muito ciumento. Tenho muita inveja e gostaria de ser ainda mais ganancioso. A única coisa pela qual tenho uma grande paixão é descobrir o sentido da vida. Essa grande paixão é baseada no grande egoísmo: “Por que eu simplesmente existo? Eu não posso permitir isso, eu não quero isso. Eu preciso entender porque existo e como posso realizar corretamente cada momento da minha vida”. Isso é por causa da grande ganância e um grande ego!

Embora essa qualidade minha seja muito ruim, em geral, é boa. Graças a ela, eu me desenvolvo. Até hoje sou muito ganancioso – ganancioso em conhecer, compreender e alcançar. Se eu vejo isso em alguém, por que não posso fazer isso? Não para alguns propósitos materialistas, mas para um propósito espiritual, científico, etc.

Eu sou muito invejoso. Eu vejo alguém tocando um violino ou um piano, conduzindo uma orquestra ou cantando, e não tenho nada disso.

Pergunta: Então, como você expressa isso?

Resposta: Eu quero tudo!

Pergunta: O que você faz?

Resposta: Nada. Eu não posso explodir; eu trabalho no meu campo. Eu decidi que este é o único e maior tesouro e que devo alcançá-lo.

Se eu tivesse minas de cobre, zinco, estanho, ferro e diamante, quais delas desenvolveria? Diamantes. Você não pode evitar; eles são os mais preciosos.

É o mesmo aqui. Eu escolhi para mim mesmo que a coisa mais importante na vida é alcançar a raiz do meu desenvolvimento, o próximo nível de existência, e este é meu único objetivo.

Pergunta: Significa que ter um objetivo é a coisa mais importante da vida?

Resposta: Sim. O mais importante é “viver com o raio”. “Brilhe, brilhe minha estrela!”

De KabTV, “Notícias com Michael Laitman”, 27/01/19

Comente