Tecendo Um Manto De Amor

laitman_962.1Dizem que o trabalho do homem é elevar a Shechina do pó, restaurar a alma comum de Adam Rishon e reconstruir a tenda caída do rei David. Trata-se de restaurar a conexão entre nós, tornando-nos como um homem com um coração, como era antes do pecado de Adão, antes da quebra.

Embora o egoísmo nos impeça de fazer isso, nós não o destruímos, mas nos elevamos acima dele e construímos uma conexão entre nós. Isso é chamado de “tecer um manto de amor”, que deve cobrir todas as criaturas como um só corpo. Assim, chegamos ao fim da correção, retornando à alma única na qual uma luz é vestida, o Criador, apreciando as criações que Ele criou.1

O Criador intencionalmente criou a inclinação ao mal para que pudéssemos superá-la e transformá-la em bem. Ele propositadamente coloca obstáculos à nossa unificação, e nós temos que procurar uma maneira de mudá-los para o bem. Você não deve repreender o seu egoísmo, porque é um anjo, o poder do Criador, enviado para nós como um obstáculo.

O Criador parece colocar uma barreira na minha frente que precisa ser saltada. Essa barreira é bem baixa, quase no chão, mas uma parede impenetrável fica atrás dela. É o mesmo com a inclinação ao mal: não precisamos destruí-la, mas nos elevar acima dela. Eu não posso me elevar acima dela! Somente se o Criador remover a parede, ou melhor, se Ele se afastar, então, nessa medida, serei capaz de me elevar acima do meu egoísmo.

Acontece que o progresso na espiritualidade depende da conexão de uma pessoa com o Criador. A inclinação ao mal é uma ajuda contra mim que ajuda nisso. Portanto, precisamos tratar o egoísmo com compreensão e respeito e perceber que essa barreira é uma ajuda contra nós.

Nossa inclinação ao mal descreve todo este mundo para nós. Nós vemos a nós mesmos, pessoas, natureza inanimada, plantas e animais. Todo esse mundo egoísta foi criado para se elevar acima dele e se fundir com o Criador.

Nós compreendemos tanto nossa inclinação ao mal que começamos a amá-la. Afinal, ambas as forças, a boa e a má, agem para nos ajudar. Caso contrário, acontece que eu tento me esconder do meu egoísmo como um inimigo, mas também não sou capaz de amar meu próximo. Isto é, de qualquer forma, não tenho sucesso e não entendo o que fazer com essa vida. Mas isso tem que me levar ao bem absoluto, quando até as trevas brilharão à medida que a Luz e o anjo da morte se transformarem em um anjo santo.

Portanto, tecendo um manto de amor, você deve tratar todos os incidentes negativos como sendo enviados pela força superior. O Criador propositalmente criou a inclinação ao mal e, portanto, não há mal no mundo; tudo tem a intenção de nos direcionar para a força superior e a vida eterna. Se atribuirmos todas essas forças à mesma fonte, então teceremos a base correta para o manto de amor que nos cobrirá.

Em essência, o Criador é revelado desta maneira: entre as forças do bem e do mal, nós revelamos o pensamento da criação e a atitude do Criador em relação a nós.2

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 21/05/19, Tecendo um Manto de Amor (Preparação para a Convenção na Convenção da América do Norte de 2019)
1 Minuto 0:20
2 Minuto 3:35

Comente