“Pessach 2019: O Êxodo De Israel – Um Recorde De 1,5 Milhão De Israelenses Viajam Ao Exterior Para A Temporada De Pessach” (Breaking Israel News)

O portal Breaking Israel News publicou meu novo artigo: “Pessach 2019: O Êxodo De Israel – Um Recorde De 1,5 Milhão De Israelenses Viajam Ao Exterior Para A Temporada De Pessach

“Por que esta noite é diferente de todas as outras noites?” Hagadá de Pessach.

Você não vai ver isso em qualquer outra nação. Paradoxalmente, durante o feriado de Pessach, que celebra o êxodo dos judeus do Egito e a entrada na terra de Israel, há um recorde de 1,5 milhão de israelenses fazendo exatamente o oposto – saindo de Israel e voando para o exterior – um número 11% maior que um ano antes, em 2018.

Por que tantos israelenses estão escolhendo sair de seu país para as festas de fim de ano?

Muitos dizem que os próprios israelenses acham mais barato sair de férias no exterior do que permanecer em Israel. Mas por que faríamos isso? Por que deixaríamos que tal situação se materializasse onde tornamos mais dispendioso sair de férias em Israel do que sairmos para qualquer lugar nos feriados?

Não me entendam mal, é perfeitamente legal tirar férias. Mas quando quase um quinto da população de um país sai durante um feriado que marca a entrada de seu povo em sua terra, é inevitável suspeitar.

Custos de férias mais baratos no exterior, o que pode ser claramente declarado sobre o Israel de hoje é que é muito diferente da nação que uma vez saiu do Egito para entrar na terra de Israel. Não é uma nação unida por uma vontade comum de se unir acima de suas divisões para realizar seu potencial espiritual. Pelo contrário, o Israel de hoje parece mais uma coleção solta de indivíduos para satisfação terrena.

Isso também explica o significativo problema de “fuga de cérebros” de Israel, onde hordas de cientistas, acadêmicos e intelectuais israelenses escolhem deixar Israel e viver no exterior: quando o ganho material é a estrela guia de nossas vidas, oferecem-nos mais dinheiro, honra ou poder em outro lugar, e estamos no próximo avião para fora daqui. Sem qualquer inclinação para se unir, e com nossas visões não mais elevadas do que na gratificação individual, não há nada, em última instância, nos ligando à nossa terra natal.

Qual é o grande problema então? Existe alguma razão para os judeus ficarem em Israel?

Chame isso de destino. Aqui na terra de Israel, devemos revelar o que nossos antepassados ​​uma vez revelaram: a luz da unidade. Estamos destinados ao nosso papel, que é unir (“ame o próximo como a si mesmo”) e espalhar essa unidade ao mundo (para ser “uma luz para as nações”). Cumprir nosso maior potencial espiritual é a única razão para permanecermos na terra de Israel. Incorporado em nossa constituição genética, originário de nossa herança ancestral, existe um pequeno desejo de se unir acima de todos os desejos materialistas aparentes. Este é o ponto que devemos despertar um no outro enquanto estamos aqui.

Além disso, quando descobrimos a imensa alegria e felicidade disponíveis na obtenção da luz da unidade, nossa necessidade de procurar pastos mais verdes desaparecerá. Os Cabalistas descrevem a intensidade desse prazer espiritual como o tamanho do universo comparado ao tamanho de um grão de areia encontrado nos prazeres materiais. Depois de sentir essa perfeição na unificação, o desejo por outras realizações diminuirá e também sentiremos menos necessidade de viajar em busca de prazer.

Depois que 1,5 milhão de israelenses voltarem de suas férias no exterior nesta época de Pessach, eu recomendo que se perguntem: “O que ganhamos com esse feriado?” E com a resposta esperada, “Nós nos divertimos muito!”, à pergunta da própria Hagadá de Pessach, “Por que esta noite é diferente de todas as outras noites?” Em outras palavras, alguma coisa realmente mudou em nossas vidas? Além disso, o que vem a seguir? Vamos apenas continuar saltando de um prazer ao outro, de um feriado divertido após o outro até morrermos? Ou podemos começar a avançar em direção a um prazer muito mais qualitativo, que não desvanece, mas que cresce constantemente – o prazer espiritual eterno descoberto pelo povo de Israel quando entramos na terra de Israel há muito tempo?

Temos tudo o que precisamos aqui em casa. Nós temos um ao outro. Nós só precisamos aprender como nos conectar corretamente e descobriremos a habilidade de viajar para muito além de qualquer lugar em nosso mundo inteiro: para um mundo eterno de harmonia e perfeição.

Comente