O Criador E Atzmuto

laitman_292Pergunta: Se construirmos uma rede de relacionamentos corretos, tal comunicação nos leva a um estado similar ao sistema chamado “o Criador”?

Resposta: No mundo corpóreo, nossa visão ou audição captam apenas certa faixa de ondas. Existem ondas acima e abaixo da nossa visão e ondas sonoras superiores a 20 kHz e inferiores a 20 Hz, mas não as sentimos. No entanto, sabemos que elas existem e inventamos instrumentos que nos permitem ampliar o alcance de nossas sensações.

Aqui nós não apenas expandimos, mas criamos um órgão de sensação radicalmente novo em nós que funciona não para a recepção, mas para a doação.

A força que sentimos em nosso novo órgão sensorial, a semelhança com a qual construímos a nós mesmos, é chamada Boreh, das palavras “Bo” (venha) e “Reh” (veja).

Há algo mais acima que não percebemos, chamado Atzmuto (o eu do Criador). Há uma fronteira definida para a qual percebemos algo, mas não acima. Nós claramente sentimos essa fronteira.

Pergunta: Existe alguma informação sobre Atzmuto?

Resposta: Por muitas gerações, por 6.000 anos, temos estado apenas na obtenção do Criador. Mas quando toda a humanidade chegar à Sua plena realização e entrar no órgão sensorial fora de si mesma, isto é, além dos cinco órgãos sensoriais corpóreos, e quando sentir os cinco órgãos sensoriais espirituais construídos na doação, nós passaremos para uma dimensão maior chamada Atzmuto.

De KabTV, “A Essência Da Ciência Da Cabalá, Parte 5”, 12/11/18

Comente