Sociedade Solidária

Dr. Michael Laitman

Da Minha Página No Facebook Michael Laitman 01/03/19

Um dia, trinta anos atrás, quando eu morava em Bnei Brak, eu estava andando pela rua com minha esposa. No caminho, vimos uma menininha sozinha, impotente diante de um semáforo.

De repente, minha esposa me deixou, pegou a garota pela mão e ajudou-a a atravessar a rua. Quando ela voltou, perguntei surpreso: “Você a conhece?”. “Não”, ela respondeu, “mas gostaria que outras pessoas tratassem minhas filhas da mesma maneira”.

Este exemplo ficou gravado em minha memória desde então. O entendimento básico de que, se começarmos a nos tratar bem, todos nós simplesmente ganharemos.

Portanto, por que isso não acontece? O ego estreito de todos nós não nos permite dar um passo em direção ao outro. Eu não posso sorrir para o meu vizinho; não posso ser paciente com o motorista ao meu lado na estrada, não posso cuidar de outra criança como se fosse minha.

No entanto, apesar do ego, podemos forjar um ambiente com valores diferentes. Podemos chegar a um consenso social de que devemos nos tratar bem, porque essa é a única maneira de coexistir e criar nossos filhos em um ambiente mais agradável e seguro.

Então, nos sentiremos muito mais relaxados quando nossos filhos saírem, as estradas ficarem mais pacíficas e deixaremos de sentir que nossas vidas são como um campo de batalha.

É possível e depende de nós. Vamos criar uma atmosfera mais calorosa entre nós. Afinal, não somos animais, somos seres humanos.

Comente