Meus Pensamentos No Twitter 12/03/19

Dr Michael Laitman TwitterQuando uma pessoa passa humildemente por todos os problemas como vindos do Criador, precisamente nas contradições e ameaças que sente, ela revela a adesão com o Criador como a única força e poder.

Revelando o Criador, Seu poder e perfeição cobrem todas as contradições manifestadas anteriormente, na medida em que, na perfeição revelada, parece que os sofrimentos que experimentamos anteriormente estão relacionados ao sentimento de unidade e perfeição que está sendo revelado.

A revelação ocorre apenas na qualidade oposta. Portanto, é necessário identificar as qualidades opostas ao estado corrigido, a fim de revelar completamente as qualidades necessárias. Portanto, para alcançar a adesão, temos que revelar a disparidade. (Baal HaSulam, Shamati 34)

Se a pessoa cria esforços acima de si mesma, sentindo amargura no trabalho, não vendo o resultado para si nem para os outros, e quanto maiores os esforços – maior a amargura, até que os esforços e sofrimentos se acumulem a um grau em que o Criador tenha pena dela e lhe dê gosto no trabalho acima do desejo.

Quando a pessoa se esforça na fé acima da razão, ela se acostuma a ir contra o egoísmo no trabalho em prol do Criador e sente prazer em trabalhar pelo Criador. É porque os esforços contra si mesma criaram condições nela para trabalhar somente para o Criador, de modo que até mesmo seus prazeres são para o Criador.

A pessoa precisa decidir se deseja se anular perante o Criador, para cumprir apenas os desejos Dele. Depois de decidir se anular em tudo, ela pede para poder fazer isso.
Vendo que o corpo não concorda, elae pede para se anular completamente, sem deixar nenhum desejo.
Essa oração completa é a oração por todo um desejo.

Quando a pessoa sente a voz do Criador em seu coração como “Aquele que vem para ser purificado é ajudado” – com sua alma. O coração “ouve a voz do Criador”, o desejo de doar governa o desejo de receber, o coração se abre para ser preenchido pelo Criador, e ela se torna completamente preenchida por Ele.

É difícil atribuir ações más ao Criador, pois Ele é todo bom. E somente para aqueles que se subjugam ao Seu governo é revelado Seu governo pessoal, que Ele é a fonte de todas as ações. E a pessoa se conecta com as ações do Criador.
E a diferença entre o bem e o mal desaparece. Esta é a principal ação do homem!

Todas as qualidades que uma pessoa usa para perceber sua conexão com os amigos são necessárias para o trabalho com o Criador. E são originalmente criadas no homem por seu trabalho com o Criador. Mas é preciso estudá-las e desenvolvê-las a fim de usar corretamente todas para receber a Luz Superior em prol do Criador. (Baal HaSulam, Introdução ao Estudo das Dez Sefirot 68)

Todas as criações são necessárias para todos, para o seu desenvolvimento e realização da correção completa. Ao trabalhar na doação com os amigos, a pessoa desenvolve os canais de comunicação com o Criador. E o amor pelos amigos é necessário para sentir amor pelo Criador.
O grupo é uma rede de comunicação com o Criador.

Confrontados com os principais distúrbios do mundo, nossos pequenos esforços em direção à correção são contados como grandes.
Portanto, não se pode presumir que o mundo interfira em nosso trabalho espiritual; pelo contrário, isso nos ajuda! Sem tal interferência nós, sendo fracos, não poderíamos corrigir nada.

Depois de grandes protestos do ego, quando um homem discorda de tudo, até mesmo do Criador, no auge da revolta, do ciúme do sucesso do outro, do ódio dos rivais, de repente ele sente calma, o Criador o deixa perceber o que a humildade enviou meios de cima.
Ele deve desenvolvê-la!

Regozijo-me com os problemas que surgem, mas sofro com aqueles que ainda estão ocultos, pois eles devem se revelar a partir de sua raiz, da qual todos derivam inicialmente. Portanto, eu me regozijo com a revelação deles, pois relacionando-os ao Criador pela fé acima da razão, eu corrijo todos eles.
(Carta 5 do Baal HaSulam)

O Criador controla tudo, mas o homem tem que revelar isso, para determinar que a ocultação é também a regra do Criador: um paciente, tendo recebido o remédio do médico, está curado, mas deve acreditar que teria sido curado mesmo sem o médico, pois isso foi predeterminado pelo Criador. É assim que ele relaciona a ocultação ao Criador. (Baal HaSulam, Carta 16)

Do Twitter, 12/03/19

Comente