Harmonia É O Equilíbrio De Contradições

232.09Pergunta: O que é estabilidade e harmonia do ponto de vista Cabalístico?

Resposta: Harmonia é o equilíbrio entre as forças de recepção e doação que se equilibram mutuamente, enfatizam, expandem, aumentam e, ao mesmo tempo, levam à estabilização.

Pergunta: Então, por que foi necessário criar uma contradição? Não foi possível criar imediatamente harmonia e estabilidade?

Resposta: Não. Daí não as sentiríamos. Nós seríamos como insetos que existem em relativa harmonia. Vemos que a existência, especialmente em nosso mundo, consiste precisamente na luta entre os dois princípios. Portanto, não há harmonia aqui, mas apenas uma luta alternada e flutuante que leva a um estado de maior ou menor equilíbrio entre as duas forças opostas.

Somente a sabedoria da Cabalá explica como é possível alcançar tal equilíbrio onde ambas as forças se complementam mutuamente.

No mundo corpóreo, essas forças se excluem mutuamente, tentam destruir e anular uma à outra. A “Cabalá”, que é traduzida do hebraico como “a sabedoria da recepção”, explica como construir corretamente uma combinação mútua de dois opostos para que a existência espiritual seja possível entre eles.

A vida terrena baseia-se em princípios simples: no relativo equilíbrio de entidades inanimadas, vegetativas e animadas que existem por um certo tempo e depois morrem. Isto é, o equilíbrio corpóreo não suporta o teste do tempo.

A espiritualidade, ao contrário, desenvolve-se constantemente até atingir o equilíbrio absoluto em todas as suas manifestações, que é chamado de Gmar Tikun (o fim da correção).

Pergunta: Significa que o conceito de felicidade só pode existir se houver contradições?

Resposta: A felicidade só é possível quando há uma luta e é sentida precisamente durante os momentos em que essa luta se equilibra. Não pode haver satisfação, felicidade ou prazer se você não sentir o vazio de antemão. Portanto, deve haver uma luta para sentir seu resultado positivo. É assim em tudo.

Da Lição de Cabalá em Russo 16/12/18

Comente