Preparando-se Para A Convenção No Deserto 2019

laitman_962.1Para trazer contentamento ao Criador, devemos ter um desejo comum, pois nenhum desejo individual é forte o suficiente para ser eficaz. O Criador é o resultado de nossa união e só pode ser alcançado a partir do centro de nossa conexão, o centro da dezena. Se aspiramos a alcançar um desejo comum, já podemos estar conectados com o Criador a partir desse ponto.

Nós continuamos nos desenvolvendo e aumentado esse desejo em qualidade e quantidade. O principal é que cada um de nós verifique que tipo de desejo está dentro de si e quão determinado está a cada momento para contribuir com o desejo comum, com a Malchut comum, dirigido ao Criador.1

O armazém (vaso) do amor é a fé. O amor é a Luz de Hochma que se transforma na Luz da fé, a Luz de Hassadim. Nós precisamos desenvolver tal vaso em nós mesmos para receber a Luz do amor pelo Criador.2

Está escrito que doar a um amigo é o mesmo que doar ao Criador. Quanto ao meu desejo de desfrutar, não faz diferença se eu doo à dezena, ao grupo, ao mundo ou ao Criador. Afinal, eu me separo do meu desejo para não receber nele. Mas, na doação em si, ainda há uma diferença se é para dar aos amigos ou ao Criador.

Está escrito que se uma pessoa alcança amor puro e doação para um amigo, ela também alcança o amor e doação para o Criador junto com ela. Com a ajuda do estudo e do trabalho na dezena, eu tenho que mudar a minha atitude para com os amigos, a fim de ver neles as qualidades genuínas do Criador. Então, meu amor pelos amigos se torna tão completo, que o amor pelo Criador é revelado dentro dele.3

Como você pode continuar com o mesmo poder e entusiasmo quando descobre que todas as suas ações são egoístas, em prol do poder, do orgulho, do egoísmo e do oposto da intenção correta? Nós entendemos que agimos egoisticamente e que todas as nossas intenções e ações serão necessariamente para o nosso próprio bem. Mas, ao mesmo tempo, queremos nos mover na direção oposta. Isso é chamado de “sair do exílio no Egito”.

Nós estamos sob o poder do nosso egoísmo, a intenção para si mesmo, a atitude egoísta em relação ao grupo. Precisamos estar conscientes disso e, ao mesmo tempo, continuar a agir com a esperança de que nossas ações se tornem altruístas. Mesmo que ainda não tenhamos as intenções corretas, mas apenas ações, nós atraímos a Luz que Reforma.

Se nossas intenções já fossem altruístas, estaríamos trabalhando com a Luz interna. Agora trabalhamos com a Luz circundante, e essa é a diferença: que até agora não há intenção em prol da doação. Mesmo se estivermos no ego, nas intenções por si só, mas organizamos nossas ações como doação, despertamos a Luz circundante.

Portanto, nós existimos no mundo das ações. Afinal, podemos despertar a Luz que Reforma enquanto ainda estamos na forma oposta. Isso distingue as pessoas com o ponto no coração. Elas podem sentir a existência da doação, o Criador, a conexão altruísta, mas são incapazes de alcançá-la. Elas entendem o poder da doação, mas encontram-se no estado oposto. Portanto, por meio de suas ações, elas podem causar a influência do grau de doação chamado Luz que Reforma.

Somente as pessoas que têm egoísmo e o ponto no coração dentro de si, as duas qualidades opostas, são capazes disso. Dentro de seus egos, elas agem com força, de acordo com sua natureza, estando no exílio, escravas do Faraó. Mas junto com isso, instigadas pelo ponto no coração, elas pretendem alcançar a doação, escapar da escravidão e sair do exílio. Quando sentem o vislumbre de esperança, mais uma vez percebem que não conseguem se libertar do ego, e assim sucessivamente. Até que “os filhos de Israel suspiraram por causa do trabalho… e seu grito elevou-se”.

As duas qualidades opostas existem apenas em Israel, em uma pessoa que visa diretamente ao Criador. Ela percebe que está sob o controle do desejo de receber, mas, ao mesmo tempo, está pensando em doar, em elevar-se acima de si mesma. Para ela, não é filosofia ou psicologia, mas o propósito real da vida. Ela recebe esse desejo dentro do desejo, um ponto espiritual dentro do egoísmo.4

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá de 27/01/19, “Doar Contentamento ao Criador” (Preparação para a Convenção no Deserto 2019)

1 Minuto 0:30
2 Minuto 5:00
3 Minuto 39:09
4 Minuto 58:45

Comente