Meus Pensamentos No Twitter 07/01/19

Dr Michael Laitman TwitterExercício: Todo mundo anula a si mesmo, ao seu amor-próprio diante do grupo, a dezena – até que se sinta como um único organismo, sinta que ama os amigos, e então – que ama o Criador.

Exercício: Um membro do grupo deve se ver no grupo como um grão plantado no solo. E nos esforçamos para nos dissolver no grupo, como um grão se decompõe no solo – para crescer em uma nova capacidade.

Exercício: Imagine que, com cada esforço de nos anularmos e nos conectarmos ao grupo, tijolo a tijolo, construímos o Templo como consequência de nossos esforços, da aspiração coletiva acima de nós ao Criador, até que “E Eu habitarei entre vós” se manifeste em nosso Templo.

Exercício: Estar em grupo na busca e pedido para alcançar a unidade, quando todos se dissolvem nos amigos; e juntos, como um, para visar ao Criador, que está esperando por eles.

É importante se preparar para a lição. Do despertar até chegar à sala de estudos, eu devo pensar constantemente em por que estou fazendo tudo isso.
Essa é a única maneira de começar a lição com a intenção correta e começar a avançar em direção a uma maior união entre os amigos, e isso significa
– em direção ao Criador.

Estudar significa checar, junto com amigos, o quanto estou conectado a eles. Se eu avancei, a princípio me sinto rejeitado pelos amigos e pelo estudo. Assim, uma oportunidade de correção, convergência, é revelada para mim. Ou vice-versa, eu aspiro apaixonadamente a uma maior unidade.

Na aspiração ou rejeição do grupo, eu preciso da Torá, a luz que me retorna ao Criador, que me conectará aos outros. Dentro da unidade, a qualidade de doação é revelada para revelar o Criador nela. O estudo é um meio auxiliar; o principal é a conexão entre nós.

Os artigos ajudam a pessoa a se organizar adequadamente, enquanto o TES [Talmud Eser HaSefirot – O Estudo das Dez Sefirot] atrai a luz que reforma. No entanto, o seu estudo implica um risco: estudar por conhecimento em vez da Torá, correção. É importante que o conhecimento venha de atos de união, doação. É preciso estudar apenas em prol de doar.

As pessoas fariam qualquer coisa para revelar o mundo superior.
Mas a Cabalá ensina que a revelação do superior só é possível ao atrair a luz da correção, chamada Torá, OM [Ohr Makif – luz circundante]. Chama-se estudo em nossa unidade. Somente a unidade e o estudo com intenção de correção são ações espirituais!

Do Twitter, 07/01/19

Comente