A Ponto De Entrar No Mundo Espiritual

laitman_214Pergunta: O desejo pelo conhecimento foi uma vez um obstáculo para o desenvolvimento da Cabalá?

Resposta: A sede pelo conhecimento afastou o esforço para alcançar o mundo superior e as pessoas começaram a se engajar na compreensão do mundo material. Desde meados do século XVII houve interesse pela ciência e pela arte e depois ocorreu a revolução tecnológica. Isso eclipsou a luta da humanidade pelo conhecimento espiritual.

Se uma pessoa tem possibilidades interessantes de revelar os segredos da natureza deste mundo e alcançá-los, por que então se envolver em algo intangível, incompreensível? Foi assim que surgiu a primeira camada do desejo pelo conhecimento.

Mas no início do século XX, ficou claro que a ciência havia se esgotado e, no final do século, muitos cientistas já haviam dito que a era da ciência estava chegando ao fim e não havia mais lugar para desenvolvê-la. E hoje todos concordam com isso.

Isto é, não há nada no mundo que possamos descobrir que seja realmente um avanço especial. Existem até mesmo teoremas sobre a finitude do conhecimento.

A ciência da Cabalá explica que ganhar conhecimento é um método humano e procede de nossas capacidades. Nós não exploramos o que o mundo é. Nós exploramos o mundo como ele aparece em nossos sentidos.

O mundo é a matéria dada a nós em nossas sensações. Por isso, precisamos introduzir uma estrutura clara: onde está o limite da nossa realização? Acontece que é muito claro, simples e próximo. Em princípio, já sentimos isso.

Dessa forma, a ciência, que durou 150 anos, praticamente se esgotou. Portanto, estamos agora no limiar de entrar no mundo espiritual.

A Cabalá previu isso muitos milhares de anos atrás. Ela claramente viu que no final do ano 2000, quando a realização de todas as dez Sefirot do terceiro mundo foi completada, um sentimento de seu fim começaria a aparecer, assim como a compreensão de que deveria haver um avanço para a área superior.

Da Lição de Cabalá em Russo 07/10/18

Comente