Na Guerra Com Ilusão

laitman_565.01Agora é um período especial do feriado de Chanucá. Mas, em essência, Chanucá é um processo que existe até o fim da correção e é experimentado no início de cada novo grau.

Cada vez que novos registros informativos (Reshimot) da quebra são revelados em nós, precisamos fazer uma restrição, uma tela e uma Luz refletida; tudo isso é a essência da correção de Chanucá.

Nós estamos sempre tentando permanecer dentro da razão, viver de acordo com nosso intelecto e experiência terrena, nosso egoísmo habitual aceito por este mundo. Mas, em contraste, precisamos construir uma forma diferente. Tudo o que vemos, experimentamos e compreendemos com nossos corações e mentes é revelado apenas dentro de nossos órgãos egoístas de percepção, como está escrito: “Eles têm olhos e não veem, têm ouvidos, mas não ouvem”.

Nós queremos experimentar o que está acontecendo no desejo de doar, que é chamado de fé acima da razão, decidindo que tudo vem de uma força superior, o bem que faz o bem. E assim a cada momento.

Há momentos em que somos capazes de fazer isso e outras vezes não somos bem-sucedidos, mas essa guerra se mantém continuamente. Basicamente, esta é a guerra dos Macabeus contra os gregos. Esta guerra está sendo travada dentro da razão, dentro de nossa experiência deste mundo, nossas mentes racionais e nossas filosofias, dentro de nossa mente egoísta com a qual construímos tantos sistemas de conexões entre nós.

Nós estamos lutando para estabelecer uma forma diferente de existência, reconhecendo que todas as nossas experiências sensoriais e percepções estão erradas. Esta é uma imagem falsa, uma percepção falsa da realidade, porque surge dentro da mente egoísta.

Através da percepção da realidade dentro de nossas mentes racionais, nós precisamos tentar sentir que tudo vem apenas de uma força superior totalmente benevolente. E toda forma percebida na mente só nos é dada para nos elevar à percepção diferente, à fé acima da razão.

Em outras palavras, concordamos que tudo vem do Criador e esta é a forma específica com a qual Ele pode nos levar à verdadeira percepção da realidade, ao mundo da verdade. Nós devemos tentar estabelecer a verdade a cada momento, 24 horas todos os dias, apesar de todas as impressões em nossos sentimentos terrestres e na mente racional, que não estão sujeitas a dúvida, isto é, dentro da razão.

Além disso, não fugimos dessa percepção racional, porque “… um contra o outro Ele os criou”. Nós não descartamos nada, apenas tentamos processá-lo corretamente: um contra o outro até que possamos desenvolver o entendimento acima razão para cada entendimento dentro da razão.

É assim que alcançamos a percepção da realidade espiritual e começamos a funcionar em dois níveis: no nível material, observando todas as suas leis e regras aceitas entre as pessoas deste mundo, e também na verdadeira realidade espiritual.

Então a Luz superior é revelada porque agora somos capazes de acender o jarro de óleo de acordo com todas as condições, e dessa forma, alcançamos a revelação do Criador e do mundo superior.

Durante o dia, um dia após o outro, e a cada momento, devemos tentar nos ver nesta batalha, imaginando a imagem dentro da razão e justaposta a ela, a imagem acima da razão. Esta é a guerra dos Macabeus contra os gregos: os gregos estão dentro da razão e os Macabeus estão acima dela.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 14/12/17, Lição sobre o Tópico: “Chanucá pela Sabedoria da Cabalá”

Comente