Como Podemos Alcançar A Igualdade Entre Nós?

laitman_934Rabash, “Sobre a Importância dos Amigos”: Sobre a importância dos amigos na sociedade e como apreciá-los, ou seja, com que tipo de importância todos devem considerar seu amigo. O bom senso diz que, se a pessoa considera que o amigo está em um grau menor do que o seu, ela vai querer ensiná-lo a se comportar de maneira mais virtuosa do que as qualidades que ela possui. Por isso, ela não pode ser seu amigo; ela pode tomar o amigo como estudante, mas não como amigo.

E se ela vê seu amigo como estando em um grau superior ao seu próprio, e vê que pode adquirir boas qualidades dele, ela pode ser seu Rav, mas não seu amigo.

Isso significa que, exatamente quando a pessoa vê o amigo como estando em um grau igual ao seu, pode aceitar o outro como amigo e vincular-se a ele. Isto é assim porque “um amigo” significa que ambas as partes estão no mesmo estado. É isso que o senso comum determina. Em outras palavras, eles têm as mesmas visões e, assim, decidem se unir. Então, ambos agem em direção ao objetivo que desejam alcançar.

É como dois amigos afins que estão fazendo negócios juntos para obter lucro. Nessa situação, eles sentem que têm poderes iguais. Mas se um deles sentir que é mais competente que o outro, não vai querer aceitá-lo como parceiro igual. Em vez disso, eles criariam uma parceria proporcional de acordo com a força e as qualidades que um tem sobre o outro. Nesse estado, a parceria é uma parceria de trinta e três ou vinte e cinco por cento, e não se pode dizer que eles são iguais no negócio.

É impossível sentir-se igual ao seu amigo porque você está constantemente em estados de ascensão e queda. Não há estados iguais na natureza, mas deve haver um desejo de igualdade.

Ao querer ser igual ao seu amigo, uma pessoa se esforça para subir mais alto, descer mais baixo e, assim, atingir gradualmente o estado em que eles se unem em completa conexão mútua, realização, recepção, num estado de comunicação mútua. A soma dos dois estados leva à conexão correta.

Estamos falando da comunicação de diferentes qualidades que deve ser cumpridas e recebidas umas das outras, como um sistema em um estado conectado.

Tal comunicação entre todas as partes da alma quebrada naturalmente requer que um seja mais elevado em algo do que o outro e em algo mais baixo que o outro, e assim por diante. Nós nunca podemos ser iguais porque somos todos diferentes! Portanto, não pode haver comparação entre nós, exceto em nossos esforços para alcançar o objetivo comum.

Se eu me conecto com os outros para conseguir a adesão com o Criador, que é o nosso objetivo comum, nos encontramos totalmente iguais dentro Dele. Aqui, ninguém é grande ou pequeno, é irrelevante em que qualidades cada um de nós está. O principal é que somos todos conduzidos em direção ao mesmo objetivo. Assim, neste objetivo, alcançamos a linha média.

É por isso que ela não existe. Somente quando alcançamos o Criador podemos obter a linha média Nele e a conexão igual entre nós.

De KabTV “A Última Geração”, 09/05/18

Comente