Trump Ajuda Os Judeus?

laitman_763.3Pergunta: A decisão da administração Trump de dotar os judeus com o status de um grupo étnico sugere que enquanto os judeus eram anteriormente considerados uma comunidade religiosa, e o Estado americano não interfere em conflitos religiosos, agora quaisquer ações dirigidas contra seu país étnico, isto é, Israel, serão vistas como manifestações de racismo e uma violação dos direitos constitucionais. Isso significa responsabilidade criminal?

Resposta: Tudo isso é vantajoso e bom. A grande questão é familiar e eterna: como será para os judeus?

Eu acredito que nada vai mudar. Em última análise, o ódio só aumentará.

Observação: Mas os judeus acreditam que este é um passo tão grande!

Meu Comentário: Eles sempre pensam assim. É um povo que não entende o significado de sua existência, o objetivo de sua existência e absolutamente não aprende com a história de forma alguma.

Eles são muito espertos e, na verdade, muitos os invejam: seu desenvolvimento, aptidão para tecnologia, ciência e arte – para tudo que não seja o propósito de sua vida. Nada os ensina: nem as catástrofes que acontecem, nem espancamentos, destruição, pogroms – nada!

Além disso, nada pode ensiná-los porque eles não desejam ver o seu propósito. Se começassem a perguntar: “Qual é a verdadeira razão para o ódio de todas as nações em relação a nós?”, eles iriam encontrá-la, a desenterrariam. Encontra-se precisamente no ideal do judaísmo, na unificação geral de um e de todos.

Os judeus devem dar o exemplo para essa unificação. Eles devem viver para se unir entre si com relações positivas. Então, essa conexão positiva entre eles será transferida a todas as outras nações.

Afinal, os judeus não são uma raça ou nacionalidade. Esta é a “multidão mista” que Abraão reuniu de toda a Babilônia e criou um grupo baseado em um único atributo: eles queriam alcançar a revelação do Criador, a revelação da força oculta da natureza, para conhecer o significado da criação, o seu propósito através da unidade entre eles. E ele conseguiu isso.

Portanto, se os judeus se unissem, mesmo em nosso tempo, uma vez que são representantes de todas as nações do mundo que remontam àqueles dias, o mundo imediatamente começaria a se unir com calma após eles. O mundo começaria a perceber: “Oh! Então, é deles que depende o nosso destino!” Para melhor também, não só para pior. Oito bilhões de pessoas dependem de 15 milhões.

Observação: Me espanta que tenhamos feito milhares de videoclipes sobre esse assunto, e cada vez você explica isso detalhadamente até o fim.

Meu Comentário: Isso vive em mim, sinto que é o tópico mais relevante. Além disso, cada vez torna-se mais e mais relevante. Eu, no entanto, espero que, apesar de milhares de vezes termos falado sobre isso, num certo momento e pela primeira vez ele irá, finalmente, “ligar”.

De KabTV “Noticias com Michael Laitman” 18/09/18

Comente