Hoshana Raba: Uma Oração Pela Salvação

laitman_284.07Hoshana é como um pedido de salvação. Uma pessoa pede ao Criador para salvá-la e, para atingir esse estado, ela deve passar por vários estágios. Quando uma pessoa vem estudar a sabedoria da Cabalá, a princípio não sabe o que está procurando. Gradualmente, como resultado de seus estudos, recebe novos valores na vida e, em seguida, começa a entender o que pedir, a quem pedir e do que quer ser salva. Ela tem que passar por um escrutínio interno bastante complicado, a fim de parar de pedir a resolução dos problemas de sua vida e a salvação de adversidades menores ou mais sérias.

Uma pessoa não entende a quem se dirigir: o que é essa força superior, o Criador, e outra natureza? Ela conhece apenas sua vida corpórea, este mundo. Alguém, ao contrário, imagina que o Criador o pune por erros e pede indulgência. Leva tempo para uma pessoa entender a quem pedir e para quê, e somente depois se desespera para entender sua vida e destino e abrir os céus com suas próprias forças.

Às vezes, uma nuvem escura desce sobre ela, e então, pelo contrário, tudo se torna claro, transparente, compreensível, agradável e leve, e então, novamente, um peso incrível cai sobre ela, um torpor na cabeça e no coração.

Nós suportamos muitos desses estados até decidirmos que somos totalmente controlados de cima porque somos criaturas que estão sob o controle do governo superior. A força geral governa cada um individualmente e todos juntos, fazendo conosco tudo o que quer. Uma pessoa se desespera para mudar alguma coisa, perdendo qualquer esperança de influenciar a força superior.

Demora muito tempo até ela finalmente acreditar nos Cabalistas de que podemos mudar nosso destino. No entanto, é impossível apelar para a força superior sozinha, porque ela ouve apenas um apelo perfeito, isto é, uma oração comum, de dez pessoas juntas. Além disso, talvez dez pessoas tenham se reunido, mas todas pedem algo para si mesmas. Como sabemos as aspirações ocultas do coração de alguém sobre as quais até mesmo a própria pessoa pode não saber?

No entanto, precisamos de um desejo para todas as dez pessoas, um coração comum, e então o Criador irá gradualmente realizar um ato de correção para que entendamos o que queremos, o que devemos querer e avançar para o estado “Eu sou para o meu amado, e meu amado é para mim.

Em essência, este é todo o nosso trabalho, a razão pela qual entramos no estado chamado “este mundo”, nesta completa ocultação e realidade imaginária como os Cabalistas explicam.

Nós nos imaginamos em algum mundo, na Terra, que é dividido em diferentes nações e existe no universo massivo. Tudo isso é uma ilusão. Na realidade, apenas o mundo superior existe. Porém, onde está isso? Afinal, não sentimos isso. Não temos esses órgãos de percepção, que podem sentir que a corporeidade é uma ilusão e a espiritualidade existe. Ainda precisamos chegar a isso para ver que nossa atual “realidade” é apenas uma tela escondendo a verdade e revelando este mundo verdadeiro em nossos novos sensores. Tudo isso depende da nossa correção.

Em vez de visão, audição, olfato, tato e paladar, revelaremos novos órgãos de percepção: Keter, Hochma, Bina, Zeir Anpin e Malchut. Elevando-nos acima de nosso desejo de receber na doação acima da recepção, na fé acima da razão, revelaremos a verdadeira realidade.

Nós nos sentiremos existindo em dois mundos simultaneamente: neste mundo, na realidade imaginária, e também na verdadeira realidade, no mundo espiritual. Um mundo é descrito nos desejos de receber e o segundo nos desejos de doar.

O caminho está aberto diante de nós. Não há dúvida de que estamos avançando e o Criador, todas as forças da natureza, nos lideram e nos acompanham, organizam, reúnem, protegem e nos filtram. É necessário acelerar sua influência sobre nós, porque Israel, isto é, as pessoas que procuram revelar o Criador, têm a força para acelerar o tempo. Se trabalharmos como um canal transitório entre o Criador e toda a humanidade, mereceremos o cuidado do Criador e aceleraremos nosso desenvolvimento.

A noite de Hoshana Raba é um pedido comum, grande e perfeito com todas as forças e com todas as correções necessárias. A Luz de Retorno vem até nós através da palha da Sucá e corrige o desejo de receber que é colocado sob a tela (Masach). É assim que juntos mereceremos nos tornar uma só união. O principal é não esquecer que o objetivo final é corrigir o mundo e trazê-lo ao Criador para que Ele desfrute Suas criaturas. Vamos tentar e ter sucesso. Amém.1

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá de 29/09/18, Lição sobre o tema “Hoshana Rabbah”

1 minuto 0:50

Comente