Furacão Michael

Dr. Michael LaitmanDa Minha Página No Facebook Michael Laitman 11/10/18

A Devastação Do Furacão Michael É Apenas A Ponta Do Iceberg

O poderoso furacão Michael atingiu o enclave da Flórida com ventos terríveis de 155 milhas náuticas nesta quarta-feira, destruindo casas e submergindo bairros antes de continuar sua marcha destrutiva pelo interior do sudeste do país. Foi o furacão mais poderoso a atingir os EUA continentais em quase 50 anos. (AP)

A natureza não enlouqueceu – nós enlouquecemos. Os cientistas vêm nos alertando há muitos anos, mas como não estamos fazendo nenhuma mudança significativa em nossa vida, a situação continuará a aumentar.

O ex-vice-presidente Al Gore advertiu que “o tempo está se esgotando” após o lançamento de um relatório especial da ONU que dá ao mundo 12 anos para evitar a calamidade climática transformando radicalmente “todos os aspectos da sociedade”.

A conclusão do relatório é simples: se as emissões de gases de efeito estufa não forem reduzidas até 2030, a Terra sofrerá danos irreversíveis. Você também pode adicionar golpes do restante da natureza, como tsunamis, inundações, tempestades, incêndios, frio extremo e ondas de calor, derretimento de geleiras e muito mais.

Para entender a situação sombria em que estamos, precisamos entender a razão do que está acontecendo.

A Terra É Um Sistema De Forças Que Deve Manter O Equilíbrio

O sistema natural em que vivemos é um sistema de forças que opera em diferentes níveis dos seres inanimados, vegetativos, animados e humanos. É um sistema fechado e integral, onde até os elementos mais remotos estão completamente interconectados. A relação entre as partes é tão interdependente que cada parte afeta todo o sistema.

Pense no nosso corpo como um exemplo de um sistema harmonioso. Quando qualquer órgão está desequilibrado, ele desequilibra todo o corpo e causa uma doença. Os médicos examinam o equilíbrio entre os sistemas do nosso corpo e, quando recebem os resultados do teste, diagnosticam o estado do nosso corpo em relação à norma. Se certos parâmetros são muito altos ou muito baixos, isso significa que nosso corpo não está saudável.

Até os últimos cinquenta anos, nós vivíamos em relativo equilíbrio na Terra. Em outras palavras, esta bela casa que nos alimenta e sustenta, era relativamente “saudável”.

A doença surgiu quando violamos nosso equilíbrio com a natureza. Temos emitido dióxido de carbono, poluindo os oceanos com lixo não biodegradável, fertilizando o solo com produtos químicos, alimentando gado e aves com antibióticos, e a lista continua. Os compostos químicos e não naturais não se decompõem no solo ou no ar e, finalmente, nos alimentamos repetidamente. Como resultado, novas doenças surgem dentro de nós e ao nosso redor.

Por Que A Terra Está Doente?

Enquanto o ego humano controlar nossas ações, a situação só piorará. A ganância leva as corporações a usar substâncias tóxicas na agricultura e na medicina, e a integridade da natureza é a menor das suas prioridades. Os governos estão sujeitos aos magnatas e os cientistas conduzem suas pesquisas de acordo com os interesses dos chefes de indústria e comércio.

Assim, nós desequilibramos o sistema natural e, como resultado, testemunhamos “doenças naturais”. Assim como uma pessoa que apresenta sintomas que indicam que ela está a caminho de ficar doente, nosso planeta está adoecendo. Os “médicos da natureza”, os cientistas que estudam as várias condições climáticas, estão percebendo que estamos diante de um terrível surto de doença.

Mesmo que pareça que o clima é maravilhoso em uma região e tempestuoso na outra, isso é tudo temporário. O planeta é redondo e o sistema natural é integral. Em última análise, assim como uma infecção do pé pode se espalhar gradualmente por todo o corpo, as doenças da natureza se espalharão por todo o planeta.

Mas, em vez de trabalhar em direção ao equilíbrio com a natureza, nós continuamos a trabalhar pelo benefício de curto prazo dos ricos e poderosos. Por sua vez, a desigualdade e a polarização crescem dentro da sociedade humana, e a sociedade como um todo cresce cada vez mais em desequilíbrio com a natureza. À medida que a distância continua a crescer, os golpes da natureza nos custarão muito sofrimento, doença e morte. Apenas considere a quantidade de dano que um terremoto pode causar.

O Ego Humano Bloqueia O Processo De Cura

Em última análise, a desestabilização climática nos forçará a mudar nossos caminhos. Teremos que nos tornar conscientes e cautelosos com nosso equilíbrio com a natureza e nossa conexão uns com os outros dentro deste sistema integral.

De fato, essa mudança deveria ter ocorrido a partir de meados do século XX, quando começamos a nos comprometer com a interdependência global no comércio, indústria, economia, mídia e assim por diante. A raça humana deveria ter começado a agir em responsabilidade mútua, ou seja, cuidar das necessidades de toda a humanidade, mantendo o equilíbrio com a natureza.

Mas a realidade é que não podemos nem mesmo lidar com nossos desafios globais e sua rápida disseminação porque nosso próprio ego está no caminho. O ego humano não se importa com a mudança climática e está pronto para atropelar qualquer acordo em seu caminho para colocar as mãos em cada centavo.

Portanto, é o ego humano que devemos equilibrar primeiro, se quisermos alcançar quaisquer acordos estáveis ​​entre nós. Tratados como o “Protocolo de Kyoto” ou o “Acordo de Paris” servem apenas para nos mostrar a futilidade de qualquer tentativa de resolver nossos problemas sem levar em conta o ego humano.

Equilíbrio Com A Natureza Começa Com O Equilíbrio Entre Nós

Para mudar nosso destino neste planeta, devemos começar por harmonizar a conexão entre todos os seres humanos.

O mundo é uma criação única, e até mesmo nossa psicologia e nossas forças internas interagem com a natureza de maneiras que não vemos nem compreendemos. Nossos pensamentos e nossas intenções têm muito a ver com o nosso equilíbrio com a natureza.

Nós estamos em um ponto único no desenvolvimento humano, onde todos podem começar a ver a necessidade de conexões humanas harmoniosas em escala global, e ainda assim, não temos o poder e o método para fazer isso acontecer.

É por isso que a sabedoria da Cabalá está sendo revelada hoje. A Cabalá Autêntica não é uma religião nova ou antiga, não é misticismo nem uma filosofia. Pelo contrário, é um método empírico que nos ensina como podemos alcançar o equilíbrio com a natureza através da ativação de nossa fiação profunda pela conexão humana.

Tudo depende da relação entre os seres humanos. Quando percebemos isso e começamos a agir conscientemente sobre isso, todo o sistema da natureza nos dará um feedback positivo. Nós começaremos a sentir que somos uma família humana global e que a Terra é nosso único lar.

 

Comente