Yom Kippur: Revelação Dos Desejos Que Precisam De Correção

laitman_294.2O calendário terrestre com suas festas não reflete exatamente o que está acontecendo no mundo espiritual. O estado chamado “Yom Kippur” pode ser realizado em Chanucá ou Purim, e Pessach, o êxodo do Egito, pode acontecer a qualquer momento. Em nosso mundo, tudo é determinado por um sistema inanimado comum, mas na espiritualidade, tudo depende de uma pessoa, de seu desenvolvimento individual. Portanto, é bem possível que um de nós esteja no estado de Purim, outro esteja no estado de Pessach e outro ainda esteja em um dia de semana comum ou no dia 9 de Av.

Os estados espirituais referem-se à unificação das pessoas até a completa restauração do sistema comum do primeiro homem, Adão. Este sistema foi quebrado e precisamos remontá-lo. Gradualmente, todas as suas conexões quebradas são reveladas, toda a severidade da quebra que penetrou nas profundezas da natureza.

Yom Kippur é um estado severo. No entanto, é muito importante para a correção, porque neste dia a falta de conexão entre nós é revelada, a falta de fé, a falta do sentimento do Criador. Além disso, a correção deste dia é: “Retorne, ó Israel, ao Senhor seu Deus”, isto é, sentir a força superior como a si mesmo. Ao nos conectarmos uns com os outros, permitimos que o Criador seja revelado entre nós e possamos nos aderir a Ele.

Yom Kippur é a revelação de todos os desejos que precisam de correção. O principal é revelar o mal da pessoa, porque a correção já será realizada pela Luz superior. Nossa tarefa é perceber nosso próprio mal, odiá-lo e querer sair dele. E o Criador completará este trabalho para nós.1

Todos os pecados ocorrem apenas por uma razão: a ausência do sentimento do Criador. A pessoa pode até dizer que a ausência do sentimento do Criador é o principal crime.2

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 18/09/18, “Yom Kippur
1 minuto 0:20
2 minuto 9:05

Comente