Jejuar No Yom Kipur

laitman_290Jejuar no Yom Kipur (Dia da Expiação) simboliza que restringimos nossos desejos quebrados e estamos prontos para usá-los apenas em prol da doação. Se os desejos estão corrompidos, a correção deles começa com um Tzimtzum (restrição), com a condição de que não aceitamos qualquer Luz se não houver intenção de doar ao meu próximo.

Eu serei capaz de usar o meu desejo em benefício dos outros se parar de receber por um “dia inteiro”, e então posso voltar a receber a Luz. Isso significa que eu passei por um estágio completo de recepção, em restrição, e agora posso receber a Luz novamente, em prol da doação. No mundo espiritual, essa ação acontece em cada novo estágio.1

Nós existimos no HaVaYaH completo, as cinco Sefirot: Keter, Hochma, Bina, ZeirAnpin e Malchut. Se você eliminar todas as Sefirot de Malchut, os Kelim restantes podem ser usados. Portanto, no Yom Kipur existem cinco restrições contra Keter, Hochma, Bina, Zeir Anpin e Malchut: proibição de comida, bebida, intimidade, banho e uso de sapatos de couro. Tudo o mais é nossos pensamentos e desejos internos e um cálculo deve ser feito para não receber para si mesmo.

Isso significa que você faz uma restrição e assim se move através do “julgamento”. Yom Kippur é o dia do julgamento.2

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá, 18/09/18, Escritos de Baal HaSulam, Shamati 69 “Primeiro Será a Correção do Mundo”
1 minuto 28:45
2 minuto 37:20

Comente