Avançar Rumo À Realidade Integral

laitman_294.2Uma dezena é tudo o que existe em toda a realidade, em todos os mundos. Toda a criação, que evoluiu a partir dos quatro estágios da Luz direta, é chamada de uma “dezena”. Malchut do mundo do Infinito, na qual existem dez Sefirot redondas cheias de Luz infinita, é uma dezena. Não há nada além disso. E o Criador é a Luz do infinito que preenche esta dezena, Malchut.

Então este sistema de dez círculos, as Sefirot, sofre todos os tipos de mudanças. O programa da criação transfere esta dezena de um estado redondo completo para um fragmentado.

Como se para calcular a integral quando a superfície contínua é dividida em um número infinito de quadrados, o sistema de dez “círculos” é quebrado para dividir o trabalho entre multidões de pessoas, entre todas as partes do sistema, para que todos completem seu trabalho particular e se torne semelhante ao Criador. Afinal, a pessoa não pode fazer todo o trabalho imediatamente de uma só vez.

O sistema é transformado de uma “integral” para um “diferencial”, no qual o trabalho é realizado em partes. Dez estágios de trabalho são distribuídos entre os cinco mundos e são adicionalmente divididos cada vez mais. Cada um de nós realiza algum tipo de trabalho em sua célula. Como resultado, todas as partes deste trabalho são integradas novamente, combinadas em um trabalho integral, como uma integral do zero ao infinito.

Todas essas quebras, contrações e descidas são feitas para dar a cada fragmento sua infinitude em sua completude a partir de suas propriedades individuais.

No primeiro estado, era impossível fazer isso porque estávamos todos interconectados de forma integral e infinita. É impossível destruir o ser criado que é oposto ao Criador, para que ele possa atingir o Criador a partir de seu estado oposto e antagônico e deixá-lo “redondo”. Afinal, o círculo já é a perfeição, um Criador menor ou maior.

Portanto, é necessário quebrar esse círculo para dar a cada fragmento diferentes propriedades, lados, ângulos, isto é, restrições. Agora, a partir dessas restrições, a pessoa deve começar a alcançar eternidade, perfeição, integração, conexão de todos com todos. Isso dá um sentimento do Criador e a verdadeira perfeição. É impossível entrar no terceiro estado ignorando o segundo, o fragmentado. Este é todo o nosso trabalho.

É necessário se esforçar para ir do estado 1, passando pelo estado 2, até o estado 3. A correção começa quando uma dez é organizada e aparece diante de nós. Isto é, a correção começou a partir de Abraão, e agora cada um de nós em algum momento cai em um lugar onde tem uma dezena. É assim que começa o avanço em direção ao sistema integral e verdadeiro da força superior.

É necessário se acostumar com essa percepção da realidade. Ela ajuda a mente a superar os sentimentos, como um paciente recebe uma imagem de raio X com a qual não pode discutir – é um fato, e ele precisa tomar remédios e ser tratado. Esta é uma realidade objetiva que está acima de nossas emoções e devemos trabalhar com ela.1

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá, 12/09/18, Lição sobre o Tópico “Disseminação da Cabalá”

1 minuto 0: 10-7: 33

Comente