Meus Pensamentos No Twitter 09/08/18

Dr Michael Laitman TwitterO mundo dirá que os #Judeus estão controlando #Trump. O mundo quer abolir Israel como um Estado, eliminá-lo de todas as organizações internacionais, proibir o comércio conosco e rejeitar nossos planos.

A Cabalá explica: somente assim o Criador pode nos compelir à correção.

O ódio a #Israel está crescendo ao redor do mundo. Logo sentiremos que estamos cercados e que não há para onde fugir.

Cabalá: nosso destino está em nossas próprias mãos. Nossa salvação é a busca da unidade. “Ame o seu próximo como a si mesmo” deve ser cumprido em prol da nossa sobrevivência!

A libertação está alcançando o que desejamos no exílio. O exílio dá origem ao pedido certo, e eu consigo o que quero: pensar apenas no Criador, no Seu contentamento. E isso é realizado através da mesma atitude em relação aos amigos. Então o grupo revela o Criador entre nós.

Se eu sei que há uma condição na qual desejarei trazer contentamento ao Criador através dos amigos, mas agora ainda não tenho desejo por isso e sou incapaz de querer isso – então estou no exílio, controlado pelas forças que não me permitem querer isso. Este é o grau de exílio.

O exílio é um sentimento de incapacidade de dar contentamento ao Criador. Eu desejo, mas não posso. Esse sentimento é chamado de exílio. Cada condição é determinada em relação ao oposto. Portanto, não há libertação sem exílio e não há exílio sem libertação.

Os desejos estão em constante crescimento, de modo que os corrigimos na conexão entre nós e nos preenchemos. Caso contrário, os desejos crescem e o sofrimento também. Eles se acumulam e nos forçarão a perceber que vêm para nos empurrar em direção à conexão, doação, amor aos outros.

Em relação à evolução: os desejos crescem – o sofrimento cresce. A única maneira de corrigi-los é transformá-los em doação. O sofrimento vem apenas para os desejos que através da união podem ser transformados em prazer. Grandes desejos do ego estão esperando para se desdobrar em nós. A correção está na unificação.

O egoísmo se desenvolve de tal forma que sua regra vai de agradável a insuportável, o que nos leva a procurar uma saída.

Do Twitter, 09/08/18

Comente