Eu Quero A Verdade, Não Jogos

laitman_241.01Pergunta do Facebook: Você sempre fala sobre jogar um jogo. Eu odeio essa palavra. Eu quero a verdade em um relacionamento, não jogos. O que devo fazer?

Resposta: O destino joga com uma pessoa. Devemos entender que devemos jogar para atrair a força superior que irá nos mudar e corrigir.

O jogo não está apenas jogando, mas verificando o estado atual da pessoa e orientando-a para o futuro a cada momento. Como o futuro é desconhecido, e o presente, em geral, não é particularmente evidente, estamos sempre em uma névoa, em um estado confuso: como devemos proceder?

O comportamento correto de uma pessoa em relação ao futuro é chamado de “jogar” porque nós mesmos não determinamos nosso futuro, apenas nossa atitude em relação a ele.

Preparar-nos para a atitude correta em relação a um bom futuro nos trará o bem no presente. É assim que vamos avançar.

É um trabalho muito sério, mas como o nosso próximo estado não é claro para nós, nosso movimento em direção ao outro, nossa atitude para com o mundo, a vida, até mesmo o Criador, é como agir em um palco, quando estamos encenando o melhor estado futuro, imaginando o que pode ser. Quando aspiramos a isso, então, recebemos de cima.

Em princípio, isso se baseia apenas no fato de que o futuro é desconhecido, e eu posso determina-lo e sua relação comigo, minha inclusão nele, com a ajuda de ações chamadas “brincar”.

Pergunta: A depressão também é um jogo?

Resposta: A depressão também é um jogo porque construímos uma imagem do futuro como completamente escura, nublada, desconhecida e assustadora diante de nós.

Em princípio, a Cabalá discute apenas sobre como podemos alcançar um futuro real, verdadeiro e correto. Precisamos criá-lo. Quando eu crio este futuro, eu o construo a partir de blocos. Este é o jogo.

Eu estou jogando o tempo todo, construindo-o. Se entendermos corretamente como jogar e criar nosso futuro a partir dos blocos, deveria ser para conectar esses elementos básicos, o que deveríamos imaginar. O mais importante é o relacionamento entre nós em um mundo que podemos tornar bonito. Nós não podemos criá-lo. Então, devemos aprender a jogar.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 05/06/18

Comente