Resgate Dos Meninos Tailandeses

Dr. Michael LaitmanDa Minha Página No Facebook Michael Laitman 08/07/18

O mundo está dando um suspiro de alívio. Depois de duas semanas angustiantes, quatro garotos foram resgatados da caverna no norte da Tailândia. No entanto, a tensão ainda está no auge, já que mais oito meninos estão presos na caverna com seu técnico, onde os níveis de oxigênio estão diminuindo gradualmente e os níveis de água estão ameaçando aumentar.

Duas semanas atrás, esse retrato dramático teria soado como um trailer de um thriller de grande sucesso. Mas, à medida que o roteiro se tornou realidade, os canais de mídia de todo o mundo estão fazendo o possível para nos manter roendo as unhas enquanto assistimos.

Então, o que está realmente impulsionando a explosão de interesse nessa história? Uma séria preocupação humana ou curiosidade? Quanto realmente tememos pelo destino das crianças tailandesas? As notícias sobre os quase cem japoneses que morreram hoje devido às inundações recordes também nos deixam ansiosos? Ou não teve drama suficiente para atingir nossa consciência?

Certamente, somos viciados em sensacionalismo. Os produtores de mídia estão bem conscientes disso e conscientemente o utilizam para aumentar suas classificações. Eles priorizarão a história que nos mantém colados na tela. E o contador de classificação não diferencia entre o incidente da caverna tailandesa e um popular jogo de futebol da copa do mundo.

Dito isto, um evento dramático de proporções globais captura nossa atenção comum de uma maneira única. Observamos, seguimos e até nos preocupamos com isso juntos e, sem perceber, gradualmente nos fundimos a uma humanidade comum. Estamos nos acostumando à nossa vida comum como uma aldeia global.

Emocionalmente falando, não estamos lá ainda. Mas essa é a notícia por vir.

Comente