O Caminho Para A Luz Passa Entre Os Estreitos

laitman_209A diferença entre o dia mais triste e amargo e o dia mais doce e alegre é, em essência, determinada por nossa relação com as condições apresentadas a nós. Nós podemos olhar nessas condições e percebê-las através do nosso egoísmo, através da inclinação ao mal, ou podemos percebê-las através da qualidade de doação, através do bem; em outras palavras, podemos perceber através da separação ou da unidade. A mesma Luz, que deveria ter sido revelada dentro da unidade, revela-se dentro da quebra e resulta em efeitos trágicos.

Não podemos culpar a força superior por nosso sofrimento porque tudo depende apenas dos vasos em que recebemos. O que desce até nós do alto é sempre o mesmo: a Luz superior, bondade e misericórdia, mas o resultado é sempre determinado simplesmente pelo quanto estamos em equivalência de forma com essa Luz superior.

Durante este tempo em particular, a mesma Luz brilha como aquela que causou a destruição. No entanto, ela foi feita para causar correção se o pecado do bezerro de ouro e a quebra das tábuas não tivessem ocorrido. É assim que devemos sempre nos relacionar com o que está ocorrendo: com o entendimento de que tudo depende da nossa unidade. Em nossa unidade, podemos receber a influência de cima em sua forma correta, no Kli correto.

Se não estamos preparados para isso, então aquela grande Luz, que deveria ter preenchido o Kli correto e nos trazido alegria, progresso e realização, nos traz destruição e sofrimento. Tudo depende de nós.1

O muro não nos protege da infiltração do mal de fora porque a Luz do Criador é a única coisa que está sendo revelada fora. O muro nos protege de nós mesmos, de nossos desejos egoístas. Um desejo pode ser a favor ou contra a unidade; isso é considerado interno e externo na sabedoria da Cabalá. Nesta Luz, devemos ver todos os conceitos como a “cidade”, o “muro” e os “inimigos” que nos atacam.2

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá, 01/07/18, Lição sobre o Tópico: “O Período de ‘Entre os Estreitos’”
1 minuto 16:27
2 minuto 54:07

Comente