Conexão Sem Smartphones

laitman_623Nas Notícias (BBC): “Um aplicativo que recompensa os alunos pelo tempo gasto longe de seus telefones está sendo lançado no Reino Unido. …

“Ele se mostrou popular na Escandinávia, com mais de 120.000 usuários na Noruega, Dinamarca e Suécia. …

“Os alunos acumularão 10 pontos a cada 20 minutos que não usam o celular entre as 7:00 e as 23:00 todos os dias da semana.

“Os pontos podem ser trocados por produtos e serviços no mercado do aplicativo, com marcas como Caffe Nero, Vue cinemas e Amazon inscritas.

“Para ganhar dois cafés gratuitos, os alunos precisarão de 300 pontos, o que equivale a 10 horas no aplicativo Hold. Para a pipoca gratuita no cinema, precisarão gastar duas horas para acumular 60 pontos.

“Os alunos também podem trocar seus pontos por livros e artigos de papelaria que são doados para escolas via Unicef”.

Meu Comentário: Não tenho certeza de que os smartphones estarão disponíveis por muito mais tempo. Por que precisamos de conversas inúteis que vêm de nossas preocupações internas, de entender mal o que está acontecendo ao nosso redor e no mundo? E quando uma pessoa encontra uma resposta para isso e começa a se apegar à essência do que está acontecendo, não é preciso conversa fiada, enchendo o ar inutilmente.

A julgar pela intensidade com que os smartphones são usados ​​hoje, acho que isso irá diminuir em breve. O desejo vai desaparecer.

Pergunta: Isso significa que o desejo de comunicação física irá reacender?

Resposta: Não, será em um nível diferente: interno. Outros desejos aparecerão, objetivos diferentes. As pessoas tentarão encontrar uma camada interna da natureza em seus relacionamentos. Esta camada irá atraí-las, carregá-las, preenchê-las. Elas vão procurar isso.

Pergunta: Que camada é essa?

Resposta: Informações sobre o nosso mundo, porém mais profundas, escondidas dentro da natureza. Esta é uma informação sobre o que acontece na própria natureza se manifesta em cada um de nós e nas conexões entre nós. Essa fonte será muito interessante para nós.

Todo o resto, o que ainda estamos procurando hoje, é apenas uma conexão inconsciente com a mesma fonte. Não precisamos de mais nada. É exatamente isso que sempre queremos encontrar.

De KabTV, “Notícias com Michael Laitman”, 13/03/18

Comente