Por Que O Comunismo Falhou

laitman_259.02Baal HaSulam, Os Escritos da Última Geração: Isto continuou até o tempo de Karl Marx, quando um plano muito bem-sucedido para a expansão do comunismo foi concebido, ou seja, de incorporar os próprios oprimidos na guerra do comunismo, para que eles lutassem lado a lado contra o governo burguês capitalista. Uma vez que os oprimidos se interessaram ​​nesta guerra apenas para seu próprio bem, ou seja, por razões egoístas, eles imediatamente aceitaram o plano, e assim o comunismo se espalhou entre todos os níveis dos retrógrados ​​e dos oprimidos.

Visto que os retrógrados ​​são a maioria na sociedade, não é surpresa que hoje o comunismo tenha conseguido atingir um terço do mundo.

O comunismo foi capaz de capturar um terço do mundo. Mas quem? Os oprimidos, os primitivos, aqueles com estruturas sociais subdesenvolvidas, nas quais tudo se deteriorara extremamente.

Na época em que Marx escreveu sobre o comunismo, a Rússia era governada pelo feudalismo. Ideias comunistas inspiraram aqueles que ainda não haviam embarcado no caminho do desenvolvimento capitalista e começaram a atualizar essas ideias à força. Em outras palavras, o comunismo encontrou o Terceiro Mundo.

No entanto, esse acoplamento de comunistas altruístas com o proletariado egoísta, embora tenha sido bem-sucedido em derrubar o governo burguês que era odiado por ambos, ainda falha em garantir um governo cooperativo com uma divisão justa.

Isso foi por uma razão muito simples: uma pessoa não move um dedo a menos que haja algum propósito que exija esse movimento. Esse propósito serve como força motivadora para fazer esse movimento, como um combustível que move uma máquina.

Na Rússia, não havia capitalismo e nenhuma classe trabalhadora real capaz de criar uma nova geração de acordo com um programa altruísta.

Lenin trouxe ideias comunistas de Genebra. Essas ideias podem ter sido boas para a Europa, embora também não estivessem preparadas e não tivessem a intenção de implementá-las. No entanto, os líderes do proletariado não viram a verdadeira natureza do homem e o objetivo pelo qual o homem deve ansiar.

Eles foram motivados pelo desejo de transformação revolucionária e tomada de poder. Além disso, embora fossem idealistas, não conseguiram entender que a classe trabalhadora, a intelligentsia, e os camponeses estavam prontos apenas para derrubar o sistema dominante, mas nada mais.

Pergunta: Mas Baal HaSulam escreve que, naquela época, um terço do mundo foi incendiado pela ideia.

Resposta: E até hoje, as nações famintas restantes são inflamadas por ela, pensando principalmente apenas em si mesmas.

Pergunta: Isso significa que uma ideia altruísta não pode ser internalizada em um mundo egoísta?

Resposta: Pode ser internalizada em um mundo com muito egoísmo, mas que já passou pelo desenvolvimento do egoísmo e vê suas desvantagens, sua destruição.

O tempo não é tudo o que é necessário para isso. Uma preparação particular também é necessária porque não apenas uma passagem de uma forma para outra deve existir, mas também a consciência interna de um indivíduo da necessidade de tal passagem para o próximo nível. Pela primeira vez na história da humanidade, o egoísmo está acabando com o seu domínio.

De KabTV “A Última Geração”, 13/11/17

Comente