Paraíso Sem Homens

Laitman_036Nas Notícias (The Points Guy): “Quando Kristina Roth não está ocupada em pegar voos, ela de alguma forma consegue liderar uma ilha só de mulheres.

“Isso mesmo, uma ilha só para mulheres.

“Roth é a fundadora da SuperShe Island, um destino de luxo focado na saúde na Finlândia, exclusivo de mulheres. …

“Para Roth, a ilha é apenas para encorajar as mulheres a se prepararem para serem confiantes o suficiente para fazer o que quiserem na vida. Seu objetivo final é reunir mulheres de todo o mundo para se unirem para relaxar e crescer. Mas não assuma que Roth odeia homens – ela não odeia. Como ela diz, estar de férias dos homens às vezes pode ser uma distração para as mulheres – ‘seja para colocar um batom ou pegar um disfarce’.

“De acordo com Roth, as mulheres tendem a ficar distraídas com a presença de homens e, portanto, ela queria dar à mulher outra opção para se concentrar e se reinventar”.

Pergunta: O paraíso das mulheres sem homens é possível?

Resposta: Em princípio, as mulheres do nosso tempo podem se prover independentemente de tudo o que for necessário. Portanto, a questão é realmente diferente: existe uma necessidade psicológica e espiritual interna para o relacionamento entre mulheres e homens?

Nós seguimos nossos desejos esquecendo que vivemos no vasto sistema de interação. Não é por acaso que a natureza nos criou dessa maneira. No início da evolução, os primeiros organismos primitivos eram unissexuais.

Depois, houve uma divisão em duas partes, e essas partes, precisamente na reciprocidade e na oposição, complementam-se em todos os níveis e em todos os aspectos: fisiológico, físico, moral e espiritual. Juntas, elas revelam a força superior entre eles.

Falando na linguagem da Cabalá, na conjugação correta entre a qualidade de doação e a qualidade da recepção, ocorre o nascimento da progênie espiritual – ou revelação do Criador.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 13/02/18

Comente