O Ânimo Interno De Um Cabalista

226Pergunta do Facebook: Eu tenho estudado Cabalá por mais de cinco anos. Antes de cada aula e cada Convenção, sinto um sentimento de medo, como se o mundo estivesse em colapso, embora não haja razão aparente para esse sentimento.

Resposta: Eu tenho um trabalho interno para fazer. Eu experimento os estados de subidas, descidas, felicidade, medos, buscas … Eu me preparo para a lição com antecedência para estarmos juntos, em conexão constante, em contato com o Criador, de acordo com o princípio “Não há outro além Dele”. Mesmo olhando através das notícias, percebo que tudo vem da gestão do Criador, que o mundo é o meu reflexo.

Como resultado, vindo para a lição, eu já fui completamente “formatado” para perceber isso corretamente. Não é um medo “hipnótico” que vive em mim, mas um senso de responsabilidade. Eu devo constantemente cuidar do meu ânimo espiritual interno. E sou muito grato por essa necessidade de me estabelecer desta forma.

O Criador nos envia circunstâncias muito diferentes, às vezes muito difíceis. E devemos nos relacionar com elas de forma responsável, em primeiro lugar. Cuidar dos outros, a aspiração constante de si mesmo externamente, anula os medos. Tome um exemplo de mim.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman”, 27/02/18

Comente