Minha Página Do Facebook: “Cinco Dicas Para Ler O Livro Do Zohar”

Dr. Michael Laitman

Da Minha Página Do Facebook Michael Laitman 01/02/18

O Livro do Zohar é a porta de entrada para o nível causal da realidade, que está inicialmente escondido de nossa percepção. No entanto, precisamos da preparação certa para ler O Zohar corretamente.

Então, aqui estão cinco regras para ajudá-lo a se preparar para a ótima jornada de descoberta no Zohar.

Regra nº 1: Não busque conhecimento intelectual

O Zohar é estudado com o “coração”, isto é, por meio do seu desejo. Ao invés de um processamento mental de dados, temos que desenvolver uma abordagem diferente: encontrar o que precisa ser sintonizado dentro de nós para perceber a camada oculta da realidade.

O sucesso depende apenas do quanto desejamos descobrir e sentir essa realidade. Não há necessidade de conhecimento prévio, talento ou sabedoria. Apenas aumentar o foco em seu desejo genuíno de descobrir o sentido e o propósito da vida.

Regra nº 2: Interprete as palavras corretamente

O Livro do Zohar usa palavras e termos codificados que nos parecem familiares do mundo físico, tais como: mar, montanhas, árvores, flores, animais, pessoas, etc. É fundamental entender que todos os detalhes, figuras e eventos mencionados no livro não falam do mundo externo que nos rodeia, mas apenas do que está acontecendo dentro de nós. Então, quando você ler o Zohar, tente ver o texto como uma ponte levando aos seus desejos e qualidades mais profundos.

Regra nº 3: Vise a luz

Você pode ter ouvido que há uma “luz” única que brilha em uma pessoa ao ler O Zohar. E isso é verdade. No entanto, este não é um poder místico ou imaginário.

O Zohar descreve os estados superiores de percepção alcançados por seus autores. No entanto, esses estados existem dentro de cada pessoa em potencial. Então, quando você lê sobre esses estados superiores e sintoniza seu desejo de alcançá-los, esses estados avançados como que brilhassem em seu desejo, tornando você mais receptivo a eles. Isso é chamado de “visar a luz que reforma”.

Regra 4: Persista como um bebê

Quando você estuda O Zohar corretamente, você começa a experimentar subidas e descidas com relação à intenção com a qual você se aproxima do livro. É como se você sintonizasse dentro e fora da frequência certa.

Quando isso acontece, lembre-se de que somos como bebês com respeito à percepção espiritual da realidade, dando nossos primeiros passos nela. Portanto, é natural cairmos e nos levantarmos novamente até que possamos caminhar sozinhos.

Regra 5: Conecte-se aos seus semelhantes

O Livro do Zohar foi escrito por um grupo de dez Cabalistas que conectaram seus desejos para sentir a força de conexão da natureza entre eles, isto é, o Criador. Foi apenas a unidade e conexão entre eles que lhes permitiu perceber além dos limites do mundo material.

Se quisermos seguir seus passos, devemos tentar construir relações semelhantes entre nós. O Zohar nasceu do amor, e sua descoberta renovada em nosso tempo só será possível através do amor também.

Para saber mais sobre o Zohar >> zoharstudy (em inglês)

Este é um livro com citações do Zohar que eu recomendo: FAÇA-SE A LUZ (em inglês)

Comente