Amor Eterno

laitman_232.08.jpgPergunta: O Cabalista tem o prazer do amor eterno? Ele sente essa sensação?

Resposta:  Amor eterno é o amor verdadeiro, quando você gera todas as forças negativas e positivas da criação dentro de você, reúne todas as características que existem em todos os mundos e une toda a criação.

Você une os polos negativo e positivo de tudo no universo, inclui tudo dentro de si mesmo e ele começa a funcionar como uma máquina em movimento perpétuo dentro de você.

Esse é o amor eterno; ele se renova constantemente e é infinito em suas manifestações de amor.

Pergunta: Por que isso não é chamado de amor egoísta?

Resposta: Porque esse amor se manifesta acima do seu egoísmo individual com respeito a todos os outros que lhe parecem como características negativas opostas, e você restabelece um equilíbrio positivo. Acontece que tanto o negativo quanto o positivo funcionam simultaneamente.

Este é um tipo de modelo técnico: um negativo não pode existir sem um positivo e um positivo não pode existir sem um negativo. Eles existem juntos; no entanto, em relação a nós, apenas um deles é revelado. Quando conectamos três linhas juntas em nós: positiva, negativa e o equilíbrio entre elas, isto é, a linha do meio, ela começa a funcionar em nós e nós sentimos toda a criação.

Pergunta: O Criador é a força que é descoberta entre o positivo e o negativo ou é a força que me ajuda a alcançar esse estado?

Resposta: O Criador é a linha do meio que é descoberta entre nós, e isso é o amor. Somente subindo acima do equilíbrio correto do positivo e negativo, é que você revela o Criador, que é chamado de amor. O Criador e o amor são o mesmo.

Da Lição de Cabalá em Russo 13/08/17

Comente