Visar Ao Amor

laitman_527.03MAN não é o maná celestial que cai do alto, mas uma oração que a pessoa eleva de baixo e se torna cumprida por ele. É o impulso para a frente, não a recepção, mas o objetivo, o impulso, a audácia que o cumpre, e por isso ele vive.

Somente visando ao amor, uma pessoa sente prazer, que é chamado de doce trabalho de amor, sem o qual não existe.

Preenchimento é apenas o pedido ao Criador. É por isso que a oração em hebraico é chamada de “tfila“, da palavra “lehitpalel“, que significa “julgar a si mesmo”. Embora você não esteja pedindo nada a ninguém, você examina e se compreende. Você não precisa dirigir-se a ninguém; basta alcançar a aspiração à meta e não procurar o objetivo em si.

Somente aqueles que trabalham na correção espiritual e passam por tudo podem entender isso. Ninguém mais pode.

Mesmo para aqueles que se envolvem com isso e até mesmo para aqueles que estão envolvidos, leva muito tempo antes que a aspiração não seja para si mesmo sem qualquer recepção, totalmente desinteressada, e se torna sua necessidade interior. Mas esse é o verdadeiro estado espiritual.

Portanto, é especificamente o deserto onde você come o maná – esse é o estado ideal. Você não tem outra coisa senão a aspiração a frente, ao amor e doação.

Você ainda não pode usar o seu “Faraó” (ego) que se senta no seu “saco de mochila”, mas você já começa a avançar. Então, o seu impulso aumentará tanto que sem esperar que esse desejo cresça em você, você gradualmente começará a retirá-lo e mudá-lo para avançar.

Então você será capaz de agir. Como o Criador atua em doação, você, com a ajuda do Faraó, irá agir trabalhando em doação. Especificamente, a força obscura do Faraó é o que lhe dará a capacidade de doar.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 25/03/15

Comente