Verdade E Mentira, Parte 2

laitman_600.04Pergunta: Resulta que as mentiras têm um papel muito importante: nos desenvolver gradualmente, nos aproximar da revelação da verdade. Que nível de desenvolvimento uma criança atinge quando começa a mentir aos três anos de idade?

Resposta: A criança só descobre sua natureza. A quebra está em nossa base, o pecado da Árvore do Conhecimento, pelo qual a mentira penetrou completamente em nossa natureza e reina profundamente dentro de nós. É por isso que somos incapazes de reconhecer uma mentira. Pelo contrário, consideramos a verdade como uma mentira e a mentira como verdade.

A verdade e a mentira estão tão entrelaçadas uma com a outra que nem percebemos o quanto somos enganados. Como eu posso medir o quanto do que eu disse é verdade? Relativo ao que posso avaliar?

Pergunta: De acordo com as estatísticas, uma criança de três a quatro anos de idade mente a cada duas horas, uma criança de seis anos já mente uma vez em uma hora e meia e um adulto pelo menos três vezes a cada dez minutos. Isso significa que, à medida que envelhecemos, nos tornamos mais mentirosos?

Resposta: É claro que mentimos constantemente e nunca dizemos uma gota de verdade. A única questão é se a mentira é consciente ou não? Mas é uma mentira – 100%.

Pergunta: A propriedade de enganar surge em nós sob a influência da sociedade ou da natureza?

Resposta: O engano reside na nossa natureza e o ambiente só nos ajuda a usar essa propriedade e a cultivá-la. Todas as nossas relações na sociedade têm o propósito de multiplicar mentiras e ter sucesso com isso.

Nós educamos os filhos com histórias que são mentiras completas do começo ao fim, todos os tipos de contos de fadas sobre animais, carros e trens que conversam uns com os outros, etc. Isso não acontece na vida! Essa é uma educação totalmente errada. Todas essas imagens enganosas são impressas na criança e quando cresce ela como se esperasse que elas se manifestassem na vida.

Não basta que sejamos naturalmente propensos a mentiras e fantasias, também educamos os filhos para que eles se acostumem a mentir. No final, eles costumam viver no mundo das mentiras. Essas não são fantasias que apenas expandem a verdade um pouco; elas são completamente falsas.

De KabTV “Nova Vida” 16/11/17

Comente