O Lugar Onde O Criador É Revelado

laitman_608.02Torá, Levítico 8:33 – 8:36: Também da porta da tenda da congregação não saireis por sete dias, até ao dia em que se cumprirem os dias da vossa consagração; porquanto por sete dias ele vos consagrará. Como se fez neste dia, assim o Senhor ordenou se fizesse, para fazer expiação por vós.

Ficareis, pois, à porta da tenda da congregação dia e noite por sete dias, e guardareis as ordenanças do Senhor, para que não morrais; porque assim me foi ordenado.
E Aarão e seus filhos fizeram todas as coisas que o Senhor ordenara pela mão de Moisés.

Escapar do egoísmo é a expiação.

É uma compensação para se livrar de algo impuro, negativo e prejudicial, como, por exemplo, algum tipo de doença. É assim que você se purifica e começa uma vida diferente e mais saudável. Isso é exatamente o que aconteceu aqui.

Os seis dias simbolizam as seis Sefirot: Chesed, Gevurah, Tiferet, Netzach, Hod e Yesod; O sétimo dia representa a autopurificação e é chamado de Malchut. Aarão e seus filhos podem ascender acima do ego e usá-lo em prol do amor e doação. Então, eles serão chamados de Cohens ou Levitas.

Malchut trabalha apenas acima de si mesma, elevando a Luz Refletida. Em outras palavras, eu trabalho para que alguém obtenha prazer.

Mas não estamos falando aqui de pessoas e seus corpos físicos que requerem energia. Estamos falando de qualidades espirituais. Portanto, tudo o que posso compartilhar, além das necessidades para minha própria sobrevivência, vai para dar acima de Malchut.

Pergunta: O que significa “trabalhar com a Luz Refletida”?

Resposta: Malchut deve se tornar semelhante às seis qualidades superiores que estão acima dela.

A Luz é refletida na tela entre Malchut e Yesod e depois retorna de volta. Especificamente na Luz que é refletida de Malchut e se eleva de baixo para cima, se forma a semelhança com as seis qualidades, que é a revelação e a percepção do Criador. A partir desse reflexo, uma imagem é formada pela nova pessoa espiritual, que é a encarnação do Criador.

A pessoa e o Criador se juntam a essa imagem. Além disso, a imagem unida reside entre o egoísmo inato da pessoa e o altruísmo do Criador. Segue-se que a imagem não é nem o Criador nem a pessoa, mas a sua união em um todo. Esse é o estado de totalidade a que aspiramos.

Com base na força da imagem unificada da pessoa e do Criador, podemos determinar em qual dos 125 níveis de correção a pessoa está.

Malchut continua um desejo de receber. A intenção de dar está acima de Malchut e é transferida de lá para os outros. Portanto, a qualidade de doação – o lugar onde o Criador é revelado – é construída acima de Malchut.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 10/12/13

Comente