Lepra (Tzara’ath)

Laitman_120Torá, Números 12:09 – 12:15: Assim a ira do Senhor contra eles se acendeu; e retirou-se. E a nuvem se retirou de sobre a tenda; e eis que Miriã ficou com lepra (tzara’ath) como a neve; e olhou Aarão para Miriã, e eis que estava com lepra (tzara’ath).

Por isso Aarão disse a Moisés: Ai, senhor meu, não ponhas sobre nós este pecado, pois agimos loucamente, e temos pecado. Ora, não seja ela como um morto, que saindo do ventre de sua mãe, a metade da sua carne já esteja consumida.

Clamou, pois, Moisés ao Senhor, dizendo: Ó Deus, rogo-te que a cures. E disse o Senhor a Moisés: Se seu pai cuspira em seu rosto, não seria envergonhada sete dias? Esteja fechada sete dias fora do arraial, e depois a recolham. Assim Miriã esteve fechada fora do arraial sete dias, e o povo não partiu, até que recolheram a Miriã.

Essa é uma correção muito séria. Primeiro ocorre a revelação do egoísmo, depois a sua correção, que é um período de sofrimento, e depois o movimento para a frente.

O sofrimento não é castigo. Na Torá, o castigo é correção.

Observação: A lepra (hanseníase) é uma correção terrível.

Meu Comentário: Naturalmente. As lesões aparecem na pele de uma pessoa porque a pele simboliza o estágio egoísta mais externo. Ela é mais afetada.

A pele é o maior órgão do corpo. Assim como o fígado, os rins, e assim por diante, a pele é um órgão. Respira, trabalha e processa tudo. A troca de gás com a atmosfera e a troca de calor acontece através dela e ela sente tudo.

Nós não entendemos o que ela é. Hoje, está na moda fazer todo tipo de tatuagens na pele, mas elas perturbam todo o trabalho do corpo.

Pergunta: O que significa lepra na pele?

Resposta: A lepra na pele é a revelação da última etapa do egoísmo. Em outras palavras, é uma limpeza, porque tudo estava dentro e agora está se manifestando de fora. A única maneira de curá-la é pela Luz do Criador.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 25/03/16

Comente