Da Árvore Do Conhecimento Até Os Nossos Dias

Laitman_931.02Pergunta: Quais são as conexões entre nós onde o Criador é revelado?

Resposta: Nós estamos atualizando a conexão que existia entre nós antes da quebra; estamos tentando fortalecê-la. Esse trabalho, embora nos parece complicado, é bastante simples.

Havia uma estrutura de quatro letras de HaVaYaH com todos os tipos de HaVaYaH secundários privados. Ela foi construída a partir das nove primeiras Sefirot. Elas tinham a Luz, uma tela, 288 partes, Luzes (RAPACH). Essas primeiras nove Sefirot eram acompanhadas por Malchut para realizar a correção completa (Gmar Tikkun).

Isto é, mais 32 partes foram adicionadas ao RAPACH para fazer 620 – uma estrutura perfeita. Mas era impossível fazer isso porque um desejo adicional de desfrutar foi revelado, que não era conhecido de antemão, como na quebra dos vasos no mundo de Nekudim.

Foi assim que aconteceu a quebra – o pecado da Árvore do Conhecimento. Estas 32 partes, Malchut que não pode ser corrigida pela intenção de doar misturada com todas as nove Sefirot, incluindo todas as suas sub-Sefirot privadas, e por causa de Malchut, toda a estrutura quebrada, o que significa que ela adquiriu o desejo de receber em prol da recepção.

Isto é, a intenção foi quebrada e não a conexão. A rede de conexões permaneceu. Mas o tipo de conexões dentro desta rede tornou-se em prol da recepção e, portanto, é chamado de quebra. Uma boa aspiração de um pelo outro foi destruída e, em vez disso, uma aspiração má foi revelada.

Agora precisamos corrigir isso. Mas não temos que procurar entre quem e com quem estabelecer conexões. O Criador trouxe a pessoa ao grupo, a um professor, a um bom destino e disse: “Escolha isso!” Nós apenas precisamos mudar a intenção: com o que eu me conecto com os outros, o que eu quero dessa conexão? Isto é, não corrigimos as conexões entre nós, mas apenas o tipo dessas conexões. É sobre isso que se trata toda a correção.

Existe uma conexão entre todas as pessoas. Basta corrigir a qualidade das conexões: da intenção “para si mesmo” para “para a doação”. De acordo com isso, descobriremos oportunidades cada vez maiores e novas conexões, mas elas abrirão o caminho da correção.

Portanto, tudo o que precisamos fazer é adquirir uma intenção altruísta em vez de uma intenção egoísta, que será revelada. Nós devemos apenas fazer esforços para transformar as mesmas conexões em doações. Por este propósito, nós estudamos O Livro do Zohar e o resto da sabedoria da Cabalá.

Da Lição sobre O Livro do Zohar 20/12/17

Comente