“Aquela Alma Será Extirpada Do Seu Povo”.

Laitman_002Torá, Levítico 07:21: E uma pessoa que tocar em alguma coisa impura, seja impureza de um ser humano ou um animal impuro [carcaça] ou qualquer impuro [carcaça de uma] criatura abominável, e depois comer a carne de uma oferta de paz ao Senhor, aquela alma será extirpada do seu povo.

Um cadáver simboliza um desejo egoísta não corrigido. Ele morreu por si só, mas ainda não foi corrigido.

Em outras palavras, há a vida e a morte. Após a vida egoísta de um desejo vem a morte do ego e, em seguida, a sua mudança para o altruísmo. Ele se move como uma onda: mais-menos, mais-menos. Você mergulha para o menos (egoísmo), chega a zero, e então traduz o egoísmo para o altruísmo. Mas um zero ainda não significa nada. Você pode lidar apenas com o espiritualmente vivo.

“Tocar os impuros” significa entrar em um contato interno com um desejo egoísta, estar com ele em adaptação, entendimento, em um estado mútuo. Isto é, se você pode dizer espiritualmente que “eu entrei em contato com alguém”, então você está no mesmo estado que ele. E se ele é um corpo morto, você está no mesmo nível.

Está escrito: “E uma pessoa que tocar em alguma coisa impura… e então comer a carne de uma oferta de paz ao Senhor, aquela alma será extirpada do seu povo”. Você não pode abençoar, não pode fazer tais atos.

Isto se refere às leis de incompatibilidade ou leis de semelhança, porque tudo no universo é construído sobre a propriedade da semelhança.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 10/12/13

Comente