Verdade E Mentira, Parte 1

laitman_207Pergunta: A verdade é que nós mentimos quase constantemente e todos os dias, desde pequenos truques e encobrindo pequenas falhas até o maior engano e calúnia. A mentira é parte de nossa vida.

Uma criança começa a mentir na primeira infância, mesmo sem entender o que está fazendo. Nós ficamos tocados quando uma criança com o rosto manchado de chocolate responde com confiança: “Não fui eu!” à pergunta: “Quem comeu o doce?” Então, qual é o significado de uma mentira e como ela desenvolve uma pessoa?

Resposta: As mentiras estão na base da criação como o oposto da verdade. A verdade e a mentira são de igual importância porque uma não pode existir sem a outra. Nós devemos avaliar uma em relação a outra; de outra forma, não sentiremos nada. Não há mal sem bem; não há bem sem infortúnio; não há escuridão sem luz e assim por diante.

Portanto, sempre há uma mentira dentro da verdade e vice-versa. Se aprofundarmos dentro do básico da criação, há a Luz, que é a verdade. Afinal, a Luz é a única coisa que existe; há apenas a doação e a conexão comum de todas as partes da criação. Uma mentira, a escuridão, sempre vem desejando separar, desunir e até mesmo quebrar toda a criação.

É exatamente isso que aconteceu no pecado da Árvore do Conhecimento. Está escrito que uma mentira só pode existir se crescer a partir de algum tipo de verdade. Portanto, Adão e Eva (Havah) provaram primeiro a maçã, porque tinham certeza de que era possível comer e apreciá-la em prol da doação e que não pode haver proibição. Essa realmente era a verdade.

No entanto, quando continuaram a comer, eles já não podiam evitar a tentação e encontraram-se em uma mentira. Isto é, a mentira cresce a partir da verdade, e somos resultado da mentira, daquela tremenda quebra que aconteceu com nossas almas em suas próprias bases.

Portanto, se quisermos chegar à verdade, devemos passar por mentiras, desgarrando-a como se fosse numa floresta escura e densa, e então, possivelmente, alcançaremos gradualmente a verdade.

É “possível” porque é realmente difícil de fazer. Além disso, essa oportunidade depende do nosso desenvolvimento, que é fornecido pela sabedoria da Cabalá através da Luz que retorna à fonte. Afinal, de outra forma, não vemos o que a verdade é e onde está a mentira, exatamente como a criança que assegura que não comeu o doce, apesar das provas óbvias. Nós não compreendemos e não percebemos nossa mentira, porque a mentira é nossa qualidade primordial.

Portanto, devemos perdoar as mentiras, nos tratar com entendimento, e devemos aprender a nos elevar acima de todas essas mentiras, percebendo-as como travessuras de crianças fofas. Afinal, essa é a nossa natureza.

O mundo não pode existir sem a mentira, e é apenas na presença das mentiras que a verdade pode existir. É bom que elas existam em quantidades iguais, porque até agora vivemos em um mundo de completo engano. E aqueles fragmentos de verdade que existem nele servem apenas para fazer uma mentira parecer como verdade.

De KabTV “Nova Vida” 16/11/17

Comente