Resposta Oficial Da Associação Israelense Sem Fins Lucrativos Bnei Baruch – Kabbalah La’am À “Investigação” Pela Corporação “Kaan”

Queridos Amigos!

Como resultado da tentativa das partes interessadas de manchar o nome da associação Bnei Baruch – Kabbalah La’am e rotulá-la com fatos falsos, consideramos necessário esclarecer que vamos persistir e continuar a disseminação em massa do valor da unificação. Faremos tudo para evitar conflitos desnecessários, mas o principal é continuar a demonstrar abertamente, apesar de toda a difamação e calúnia, que o princípio de unir as pessoas acima de todas as diferenças é a solução para qualquer problema e crise.

Desde o grande Cabalista Baal Shem Tov, passando por Ramchal, Rambam e Rav Kook até Baal HaSulam, durante a vida de todas as gerações, a Cabalá enfrentou resistência e os Cabalistas enfrentaram perseguições. Naturalmente, também aparecem os adversários do Kabbalah La’am, a maior associação sem fins lucrativos do mundo para o estudo da Cabalá.

Ao longo dos últimos 22 anos, nenhum dos milhares, se não milhões, de estudantes em Israel e em todo o mundo, pode afirmar que alguém lhe infligiu dano deliberado ou lhe mostrou desrespeito deliberado. Ao mesmo tempo, é claro que, entre centenas de milhares, há também aqueles cujas expectativas não alcançamos.

Como uma associação pluralista, a Kabbalah La’am está aberta a todos, e todos têm plena liberdade para escolher a estrutura de suas atividades espirituais. Nós defendemos uma vida cheia de significado e alegria, baseada no amor ao próximo. Essa é a essência dos nossos estudos e atividades. Qualquer outra versão que a parte interessada esteja tentando espalhar é errada e falsa. Não iremos fazer o jogo da desunião e desinformação.

Nos últimos dias, as redes sociais estão divulgando uma promoção do programa que em breve será exibido pela empresa de radiodifusão “Kaan”, um vídeo cheio de difamação e calúnia da associação. Nós consideramos necessário compartilhar com vocês a nossa posição oficial e esclarecer os fatos que passaremos para a mídia e todos os concorrentes.

Declaração: A Kabbalah La’am está tentando entrar na política.

Verdade: Os objetivos da associação sem fins lucrativos “Kabbalah La’am” são estudar e divulgar a sabedoria da Cabalá. Nosso objetivo é espalhar o valor da unidade com base no princípio do “amar ao próximo como a si mesmo”, que é o princípio supremo da Cabalá.

A associação Kabbalah La’am nunca participou de ações políticas. Dezenas de milhares de estudantes são empregados profissionalmente em vários campos, e na natureza de suas atividades, muitos deles promovem uma variedade de iniciativas e ideias. Estando em busca constante de maneiras de aumentar os valores positivos da unidade no povo de Israel, alguns de nossos alunos apresentaram uma iniciativa para usar uma plataforma política para uma cobertura mais ampla. Essa iniciativa foi implementada em dois casos:

  • Em 2013, vários estudantes, moradores da cidade de Petah Tikva, criaram uma lista para concorrer à Câmara Municipal e promover a ideia de unificação e garantia mútua na cidade. Para este fim, estabeleceram a associação “Be-yahad le-ma’an Petah-Tikva 2013”. Cerca de 12.000 pessoas votaram nesta lista e tornou-se uma facção com quatro mandatos.
  • Em 2014, vários estudantes ofereceram promover a ideia da unidade do povo, juntando-se ao partido no poder. Eles iniciaram o processo de adesão e atraíram milhares de pessoas para o partido Likud.

Acusação: A Kabbalah La’am usa processos de difamação para suprimir críticas.

Verdade: A liberdade de expressão faz parte dos valores fundamentais na estrutura da associação Kabbalah La’am. Nós respeitamos qualquer crítica criativa, mas rejeitamos resolutamente quaisquer declarações falsas e tendenciosas de natureza maliciosa visando destruir a associação. As declarações malignas e mentirosas estão entre os principais fatores de dissociação e ódio. Promovendo a unidade e o amor, não estamos prontos para permitir que ninguém prejudique as atividades ramificadas e benéficas da Cabalá La’am, desacreditando e difamando seu bom nome. A própria sabedoria da Cabalá nos obriga a responder. O nome “Kabbalah La’am” é uma marca respeitada criada ao longo dos anos pelo trabalho árduo e está desfrutando de grande simpatia na sociedade israelense em geral. É importante enfatizar que, em todos os casos, quando decidimos nos candidatar ao tribunal para proteger nosso bom nome, os acusados foram obrigados a se desculpar publicamente e remover as publicações ofensivas.

Acusação: A Kabbalah La’am controla as ações de seus alunos. Também se alega que, entre outras coisas, ocorrem atos ilegais ou imorais que levam a problemas pessoais, separação da família, discriminação contra as mulheres, uso de pílulas e outras invenções maliciosas, como ignorar um caso de suicídio.

Verdade:

  • Kabbalah La’am é uma organização plural que aceita todos os que querem estudar a sabedoria da Cabalá. É administrada exclusivamente no espírito das fontes Cabalísticas que nos ensinam a construir relacionamentos baseados na compaixão, no cuidado e no amor entre a pessoa e os outros, na família e assim por diante. Ninguém interfere de forma alguma na vida pessoal de milhões de nossos apoiadores e não diz a ninguém como viver e como se comportar na vida. Nossa casa está aberta e agimos com franqueza e transparência. Todas as lições e atividades são filmadas e transmitidas ao público em geral, e todos são convidados a avaliar e decidir que forma de estudo e grau de envolvimento lhe convém.
  • Todas as atividades da associação são controladas pela firma de contabilidade, bem como por departamentos governamentais como o Registrador de associações sem fins lucrativos, autoridades fiscais e outros, que verificaram repetidamente nossa associação e decidiram que suas atividades são conduzidas de acordo com as regras da administração adequada e responsável. É importante notar que o parágrafo 46 foi aprovado para a nossa associação, que é concedida apenas às associações que operam com total transparência sob rigorosa supervisão pelo secretário e pelas autoridades fiscais.
  • Basta visitar uma de nossas reuniões ou um dos eventos para ver o quão importante são as mulheres para nós. As mulheres representam cerca de 60% dos alunos que estudam na Kabbalah La’am e são iguais aos homens em tudo!
  • O Dr. Michael Laitman esteve previamente envolvido em aconselhamento e tratamento com remédios alternativos. No âmbito dessa atividade, pacientes de todo Israel e do mundo o visitaram. Os grânulos que foram utilizados como parte desta terapia são drágeas homeopáticas, amplamente utilizadas no campo da medicina alternativa.
  • Você pode pensar em muitas outras histórias, mas toda pessoa sã entende que, se contiveram pelo menos um grão de verdade, elas estariam há muito na mídia e nos tribunais.

É importante e relevante enfatizar que, após a reportagem enganosa e difamatória, apresentamos uma ação de injúria contra o jornalista Gur Megido e a emissora pública Kaan. Desde então, para sair das dificuldades legais que enfrenta, Gur Megido dedicou a maior parte do tempo à criação de uma “investigação” das atividades da nossa associação, alocando centenas de milhares de shekels de fundos de contribuintes para isso.

O resultado dessa “investigação” de mais de seis meses é um conjunto de ficções e difamações falsas, em parte já contestada em tribunal. Eles são apresentados por “apresentadores” interessados, que durante anos têm feito o melhor para prejudicar a associação e manchá-la publicamente. Alguns dos personagens que aparecem no relatório foram removidos das atividades da associação por causa de seu comportamento inaceitável e não normativo, o que em alguns casos era até mesmo uma infração penal. De acordo com os princípios da Cabalá, consideramos nosso dever apelar no tribunal para tornar a verdade pública. Continuaremos a agir da mesma forma no futuro, incluindo o caso com este relatório.

A Cabalá nos ensina que o caminho para a correção geral inclui dois opostos, o negativo e o positivo. Portanto, nós estamos satisfeitos que o nosso progresso espiritual também se manifeste na resistência à Cabalá, que os melhores Cabalistas encontraram ao longo da história. Esperemos que possamos usar essa resistência para fortalecer a propagação da sabedoria da Cabalá em Israel e no mundo.

Ao mesmo tempo, como uma organização que proclama uma “única família” como seu principal valor, lamentamos sermos obrigados a participar desses conflitos.

Ficaremos felizes em receber comentários de todos os nossos amigos e juntos continuaremos nosso trabalho com abertura e transparência, movendo-nos ao longo do caminho escolhido com um coração aberto e de cabeça erguida.

Kabbalah La’am

Um Comentário

  1. We stand together in defense of the teaching of Kabbalah and the defense of Bnei Baruch – Kabbalah La’am. It is not the first time that the teaching of Kabbalah is persecuted, 13 years Shimon Bar-Yochai was hidden in a cave … Well today’s Kabbalists are no better than him, and certainly suffered the same persecutions …
    We are together!!!

Comente