Quando Os Desejos Desaparecem

laitman_565.01Pergunta: O que diferencia a liberdade no mundo espiritual e no mundo corpóreo?

Resposta: A liberdade no mundo corpóreo é a liberdade de todas as nossas necessidades egoístas: comida, sexo, família, conhecimento, poder e riqueza. Nós vemos que cada vez mais, o homem deseja estar livre dessas coisas.

Pergunta: Isso é possível? Pode uma pessoa estar livre do desejo de sexo e comida?

Resposta: Comida, sexo e família são três tipos de desejos animais do corpo físico. Eu vejo que hoje o homem está tentando libertar-se deles. Os jovens não estão particularmente interessados ​​em pratos gourmet, ficam satisfeitos com um cachorro-quente rápido na rua e pronto.

O sexo é uma noção relativa para eles. De acordo com as pesquisas, muitas pessoas nem querem se sobrecarregar com isso. A família há muito deixou de ser uma necessidade, algo que a sociedade precise, e a sociedade até encoraja essa atitude.

Os desejos animais são seguidos pelos desejos humanos: riqueza, poder, fama e conhecimento. Os jovens também estão perdendo o desejo por essas coisas, relativamente falando. A riqueza vai e vem. E não só a riqueza, tudo vai para algum lugar. Agora estamos passando por um período de transição que acabará em breve e um sistema de valores completamente diferente nos será apresentado.

A fama e o poder sempre vão juntos, mas eles deixaram de ser o que já foram com os grandes governantes. Em relação ao conhecimento, a ciência não sente por nenhum meio que seja o ápice dos ideais da humanidade, da realização.

Pergunta: Então, o que resta?

Resposta: Nada. Os valores estão sendo reavaliados de forma que nada do passado permaneça. O próximo estágio é uma busca: existe alguma coisa de valor em nossas vidas?

Nosso desenvolvimento se desenvolve a uma velocidade e em uma direção tal que todos os desejos estão começando a parecer vazios para nós.

A partir do nosso novo nível de desenvolvimento, vemos que eles não são importantes, que não nos satisfazem, não existem qualidades especiais neles. Suponha que eu tenha uma ótima refeição e passe a noite com alguém. Com quem? Qualquer um. Tudo isso está perdendo o significado muito rapidamente.

Observação: Muitas pessoas pensam assim: “Eu quero, eu simplesmente não consigo …”

Resposta: Uma pessoa pode obter qualquer coisa. Mas a juventude hoje não quer perder seu tempo realizando; enquanto que, no passado, os jovens entregavam suas vidas inteiras por isso! Décadas de trabalho árduo, estudos, emprego, poupança e tudo mais, para que?! Agora eles entendem que não há nada que “valha a pena”.

Por que eu deveria estudar, trabalhar, me casar, ter filhos e criar uma família? A fim de passar tudo para os meus filhos, e eles viverem do mesmo jeito? E daí? Não há nenhuma razão para essas ações. Hoje as pessoas estão se convencendo disso.

Pergunta: Então, qual é a escolha, como eu sei que estou no caminho certo?

Resposta: A Cabalá diz que uma pessoa tem que se elevar acima desses tipos de desejos, os desejos animais egoístas (alimentação, sexo e família), e os desejos humanos, que existem em nós além do nosso grau animal (riqueza, poder, fama, e conhecimento). Quando não há desejos e uma pessoa gradualmente se convence de que não é isso que lhe importa, ela enfrenta a questão: qual é, então, o sentido da vida? Para que serve? Não quero ser obrigada a estar nesses desejos. Então, por que eu deveria existir?

É quando ela enfrenta a questão sobre a próxima forma de desejo: existe algo maior do que isso? Existe um ideal que faça a vida valer a pena?

Da Lição de Cabalá em Russo 02/07/17

Comente