O Livro Do Zohar, O Livro Principal Da Sabedoria Da Cabalá

Laitman_065Uma pessoa existe no mundo em um determinado volume onde ela nasce, se desenvolve e vive. Durante sua vida, muitas questões podem surgir nela, como: por que estou vivendo? Qual o sentido da vida? Existe um Criador? Será que o Criador é a natureza? A vida simplesmente passa e acaba?

Nós sabemos que nada acontece na natureza sem uma causa e que tudo se desenvolve dentro de um processo de causa e efeito, mas ainda não entendemos o que finalmente acontece conosco, qual é o motivo de nossa existência e quais serão os resultados de nossas vidas. Quando uma pessoa tem perguntas como essas, ela chega ao estudo da sabedoria da Cabalá.

O livro principal da sabedoria da Cabalá é O Livro do Zohar que descreve todas as transformações que uma pessoa sofre e fornece respostas completas a todas as questões acima. Mas O Livro do Zohar não deve ser usado como um guia comum em que certo capítulo se envolve no sentido da vida e outro no objetivo da criação. O Livro do Zohar não é uma enciclopédia. Ele foi escrito de acordo com um princípio totalmente diferente. Não é um livro comum e científico, embora contenha um material totalmente científico. Ele se baseia numa ciência que opera de forma diferente.

A ciência que conhecemos no nosso mundo preenche e carrega nossos cérebros e mentes com vários dados que podemos analisar e chegar a diferentes conclusões. Mas O Livro do Zohar é estudado de maneira diferente. Estudar O Livro do Zohar não tem nada a ver com o nível intelectual em que a pessoa está ou possa estar. Não tem nada a ver com preencher a mente com diferentes conceitos e perguntas sobre se uma pessoa pode agir de acordo com esses conceitos. O Livro do Zohar expande o quadro da percepção de uma pessoa para que ela possa ver muito mais alto, amplo e profundo do que em nosso mundo. Uma pessoa recebe conhecimento da força superior.

Essa informação é inicialmente percebida como uma sensação superior a partir da qual a pessoa começa a extrair conhecimento. É como quando as crianças, no nível do nosso mundo, comparam diferentes experiências entre si: eu tentei, fiz isso, entendi isso; elas acumulam informações sobre causa e efeito que as ajudam a entender e alcançar nosso mundo. O mesmo acontece no processo de alcançar e entender o mundo superior. É somente através do nosso trabalho prático que compreendemos a gestão do nosso mundo e como ele afeta o mundo superior, etc.

O Livro do Zohar nos coloca em um estado especial. Na medida em que o estudo é feito corretamente, quando eu o leio, e o mais importante, como eu o leio corretamente, eu solicito e evoco uma Luz especial sobre mim mesmo, uma força que expande as fronteiras da minha compreensão, realização e sentimento.

Quando uma pessoa sente, percebe e alcança essas fronteiras e compara todos os diferentes dados, novas dimensões, níveis, compreensões, avaliações e valores deste mundo totalmente diferente dentro de si mesma, uma nova ciência emerge dentro dela, chamada sabedoria da Cabalá. É a ciência do sistema de controle do nosso mundo porque o nosso mundo é baseado nas sensações de uma pessoa de si mesma e do mundo ao seu redor.

Quando a pessoa tenta cada vez mais estimular e evocar a Luz para revelar o mundo superior dentro de si mesma, sente-a dentro de si mesma, acha-a, e a conexão entre os dois mundos torna-se clara para ela, isto é, a conexão entre o mundo em que vivemos agora e o mundo que lhe é revelado pessoalmente. Ao mesmo tempo, ela alcança um estado no qual os dois mundos existem nela com cooperação mútua e ela opera entre eles.

Ao mesmo tempo, usando O Livro do Zohar, a pessoa começa a descobrir uma ferramenta para entender novas definições, nomes e sentimentos. Agora ela alcança o mundo em duas dimensões, além dos quadros do tempo, espaço e movimento. Mais importante ainda, a pessoa restaura a conexão com a força superior de gestão; elas se influenciam mutuamente e, por fim, se tornam parceiras. O Livro do Zohar nos permite alcançar tudo isso.

Essa é a razão pela qual uma pessoa começa a entender que o principal é estimular e evocar a força superior para si mesma para que ela a ensine mais, preencha-o mais, expanda seus horizontes e crie definições e entendimentos totalmente diferentes dentro dela. A pessoa que existe em nosso mundo e no mundo superior ao mesmo tempo tem que entender a conexão entre os dois.

O Livro do Zohar ensina a pessoa a gerenciar seus sentimentos e a conexão entre os sentimentos associados ao mundo superior e os sentimentos associados ao nosso mundo.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/02/17

Comente