O Caminho Do Caos À Harmonia, Parte 2

Laitman_117Pergunta: A Torá nos diz que, no início, havia trevas e caos a partir dos quais a vida foi posteriormente criada. Como a harmonia pode surgir do caos?

Resposta: Tudo isso é dito apenas em relação ao homem. E mesmo que pareça estar falando dos períodos de evolução que ocorreram aparentemente antes do surgimento do homem, isso é errado. A evolução só faz sentido com a inclusão de uma pessoa que está começando a usar o mundo inteiro e todas as mudanças ocorrem apenas em relação a ela.

Somente após a criação da consciência e com respeito a ela, podemos falar da criação do mundo, do universo, do planeta Terra, de todos os sistemas e da humanidade. Antes do surgimento do homem, parecia não haver nada. E quando estamos falando da escuridão e do caos, eles também existem apenas em relação ao homem porque sua consciência está distorcida, ou seja, contra o sistema ideal em que existimos.

Uma pessoa não entende ou sente esse sistema, isto é, não percebe isso nem em mente nem em coração. Ela vê a realidade projetada por suas qualidades defeituosas no fundo de um mundo imutável e perfeito.

Ela não vê o mundo superior, espiritual ou o sistema ideal, mas se vê com respeito a esse sistema; isto é, ela vê a diferença entre um e outro, entre as qualidades do homem e as qualidades da natureza. Portanto, parece-lhe que o mundo é obscuro e desordenado.

Toda a natureza exibe doação, amor, conexão, completando-se, enquanto as qualidades do homem são exatamente o oposto: recepção, desordem e incapacidade de se conectar com outros e completá-los. Todos atuam guiados por seu próprio benefício em detrimento dos outros e, portanto, veem desordem no mundo.

A desordem é uma qualidade decorrente da natureza do homem, do seu egoísmo.

Afinal, se todos pensam em si mesmos e são guiados por seu próprio benefício, sem levar em conta os outros, eles param todo o sistema, como uma engrenagem defeituosa.

Em vez de se conectar com o resto e se juntar como um relógio de trabalho, todos rodam em sua própria direção, como querem. Como resultado, nós resistimos uns aos outros, quebramos nossas engrenagens, e todo o mecanismo quase não funciona.

Existe outro sistema que pune e corrige, mostrando o quão mal nos sentimos por causa dessa atitude egoísta. Portanto, por falta de desespero, nós começamos pouco a pouco a levar um ao outro em conta. Embora essas considerações mútuas também sejam egoístas, porque o principal para mim é meu próprio bem, eu levo os outros em conta apenas quando necessário. Acontece que, de algum modo, nós conseguimos existir, mas nossas vidas estão cheias de sofrimento e caos. O caos e a desordem em nossas vidas são o resultado de todos estarem controlados pelo poder de seu próprio egoísmo e pensarem apenas em seu próprio bem e não no benefício do sistema comum. Este é o principal motivo da desordem que se manifesta em todas as áreas de nossas vidas.

De KabTV “Nova Vida” 24/10/16

Comente