Não Há Pátria

515.02Pergunta: O governo da Catalunha quer a independência da Espanha. O que os faz querer quebrar e se dividir em pequenos reinos?

Resposta: Isso é natural! Hoje, há, digamos, 200 nações do mundo. Se isso continuar, então, nas próximas décadas, esse número chegará a 250 ou mesmo a 300. Não tenho dúvidas disso.

Observação: Os futuristas dizem que, pelo contrário, as pessoas se unirão em cidades maiores.

Resposta: Não, não haverá unificação! Como no passado, haverá fortalezas, cidades-Estado cercadas por fortificações fechadas.

As contradições à unidade serão em todos os países: o norte contra o sul, o oeste contra o leste. Eles vão se dividir em clãs ou qualquer outro tipo de divisão.

Por que isso acontece? O egoísmo cresce e exige um espaço separado para si. É por isso que voltaremos para a unidade familiar. Além disso, todos terão seu próprio apartamento, uma fortaleza com vidro à prova de balas. Eu vou sentar em minha casa, abrir uma janela, e os drones vão voar para dentro me entregando pizza com Coca-Cola e depois voar para longe.

Enquanto isso, eu vou me sentar diante do meu computador, sem querer saber de mais nada. Deixem-me em paz, esse é o meu território, o meu reino. Eu descrevo a imagem mais perfeita possível, onde eu sou o parlamento, sou o governador, sou tudo.

Pergunta: Então, tudo perdeu seu valor. Só eu e meu egoísmo, e pronto? Eu não acredito em ninguém, não quero estar ao seu redor, eu os odeio.

Resposta: Essa é a melhor forma de governança!

Pergunta: Essa é uma imagem real?

Resposta: Em princípio, sim. Mas não a alcançaremos, a natureza não nos permitirá. Ela tem seus próprios planos.

Pergunta: Em outras palavras, as pessoas vão se dividir, mas o que acontecerá depois?

Resposta: Antes disso, haverá um colapso. Se a humanidade soubesse dos seus erros, isso continuaria para sempre. Mas a natureza tem um plano que sempre nos apresenta, pressionando-nos desde o fim. Portanto, não poderemos nos aniquilar.

Pergunta: O que acontecerá depois?

Resposta: Seremos obrigados a nos unir! Forçados à felicidade por uma vara!

Se não houvesse nenhum objetivo na criação, onde praticamente já estamos, e se os processos reversos não viessem até nós a partir daí, que percebemos como sofrimento, então haveria o caos. O que os cientistas, filósofos e psicólogos preveem hoje é produto de sua falta de compreensão do objetivo e do programa definido pela natureza.

Assim, mesmo que a Catalunha se separe agora, não fará nada de bom. Mais tarde, todas as fronteiras serão anuladas de qualquer maneira. O governo da Catalunha não terá ninguém para governar porque os povos da Catalunha serão completamente indiferentes ao governo e a tudo mais.

Por outro lado, nós vemos o processo que está se desenrolando; não importa às pessoas onde elas vivem.

Pergunta: Portanto, o conceito de pátria está desaparecendo, sendo apagado?

Resposta: Que pátria? Quem ou o que pode ser considerado um lar? A terra? Mas há outras terras em todos os lugares. O povo? Mesma coisa. A cultura? É comum a todos.

Pergunta: Do ponto de vista da providência superior, é correto se livrar dessas noções, como meu lugar, minha pátria, vou morar aqui, vou morrer aqui, e assim por diante?

Resposta: Todas as nacionalidades, nações e governos serão nivelados; tudo desaparecerá.

Pergunta: O que eu chamarei de lar?

Resposta: Um bom ambiente. E isso é tudo.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 07/09/17

Comente