“Esconderei O Meu Rosto”

laitman_746.01Torá, Deuteronômio 32:18-32:21: Esqueceste-te da Rocha [Poderosa]que te gerou; e em esquecimento puseste o Deus que te formou; o que vendo o Senhor, os desprezou, por ter sido provocado à ira contra seus filhos e suas filhas. E disse: Esconderei o meu rosto deles, verei qual será o seu fim; porque são geração perversa, filhos em quem não há lealdade. A zelos me provocaram com aquilo que não é Deus; com as suas vaidades me provocaram à ira: portanto eu os provocarei a zelos com o que não é povo; com nação tola os despertarei à ira.

O Criador não permite que os filhos de Israel se acalmem. Ele parece dizer: “Vocês vão se comportar de uma forma criminosa uns em relação aos outros e o resto das nações, e os povos do mundo em relação a vocês, e, no final, todos juntos em relação a Mim. Mas apenas desta forma vocês vão se tornar o povo escolhido e especial”.

O povo de Israel tem que passar por estes estados, porque apenas a partir de uma percepção do mal e da necessidade de alcançar o bem faz a pessoa começar a gritar ao Criador. Ela entende que é obrigada a submeter-se a esta operação e concorda que o Criador irá realizar isso nela. Isso é chamado de consciência do mal.

Pergunta: Será que o Criador fala assim de propósito, de modo que a pessoa se conecte ao Seu pensamento?

Resposta: O Criador explica a ela seus futuros estados a partir dos quais ela deve agir e vir à vida. Está escrito, “A zelos me provocaram com aquilo que não é Deus; com as suas vaidades me provocaram à ira: portanto eu os provocarei a zelos com o que não é povo; com nação tola os despertarei à ira”. Isto significa: “Eu vou lhes dar os estados em que vocês vão se odiar e mal vão existir neste ódio no nível mais baixo”.

E realmente, veja o que está acontecendo agora com nosso povo. Até que ponto ele está despedaçado, separado, internamente oposto a si mesmo. Não há outro povo tão multifacetado em sua polaridade negativa.

Comparado com o que o Criador exige de nós, não há nada de positivo dentro de nós. E se há, então esta correlação positiva não está conosco, mas com o fato de que temos uma centelha do Criador, a partir da qual, talvez, a chama se acenda.

Nós somos seus portadores. Mas é por isso que somos ainda piores e mais egoístas do que todas as outras nações. Se não fosse por esta centelha, seríamos como o resto. Mas nunca seremos como eles. Dentro de nós, há algo que tem vindo a distinguir-nos de outras nações ao longo dos milênios da nossa história, e não há nenhum lugar que possamos ficar longe disto.

Nós precisamos entender que somos obrigados a perceber em nós mesmos uma verdade especial, um método: “ser uma luz para as nações.” Isto é, para mostrar a todas as nações a possibilidade de se unir, criando a comunidade correta de pessoas onde o Criador é revelado. Só nós podemos fazer isso, mas não cumprimos o nosso papel. É por isso que somos tão odiados. É por isso que a Torá nos chama de “nação tola” que pode fazer o bem aos outros, mas não o faz. As nações do mundo instintivamente entendem e legitimamente odeiam isso.

Especialmente em um momento em que já recebemos a terra, o Estado, todas as condições para revelar a sabedoria da Cabalá ao mundo inteiro e levá-la às pessoas. Mas ninguém quer ouvir os Cabalistas, todos se afastam de nós.

Pergunta: É por isso que Ele diz “Esconderei Meu rosto”?

Resposta: Sim. O Criador está se afastando. Ele está se escondendo atrás de nosso egoísmo, enquanto agora Ele deve se revelar na qualidade de doação e amor sobre a qualidade egoísta. E como não o fazemos, Ele se esconde ainda mais.

“Revelar o rosto do Criador” significa que vemos a gestão correta, sabemos como agir, e em resposta à cada ação nossa correta, nós recebemos imediatamente um bom e maravilhoso impacto da natureza. Essa é uma interação absolutamente completa! Nós recebemos imediatamente uma resposta para qualquer ação. Baal HaSulam escreve sobre isso no artigo “Ocultação e Revelação do Rosto do Criador“. Isto é, toda a natureza é revelada a nós como um painel em que vemos tudo e podemos tomar qualquer coisa dele. Nós trabalhamos com ele em uníssono, amigavelmente juntos.

De Kab TV “Segredos do Livro Eterno” 30/01/17

Comente