“Ele O Fez Comer Os Frutos Do Campo…”

laitman_746.03Torá, Deuteronômio 32:13 – 32:14: Ele o fez cavalgar sobre as alturas da terra, e comer os frutos do campo, e o fez chupar mel da rocha e azeite da dura pederneira. Manteiga de vacas, e leite de ovelhas, com a gordura dos cordeiros e dos carneiros que pastam em Basã, e dos bodes, com o mais escolhido trigo; e bebeste o sangue das uvas, o vinho puro.

Aqui está escrito sobre como a qualidade de doação e amor deve ser reabastecida à custa de Malchut e Bina, ou seja, a conexão dessas duas propriedades em uma pessoa. A qualidade da terra, que nutre tudo, vem da qualidade de Malchut. Mas, por outro lado, isso acontece devido à qualidade de Bina, que se conecta com Malchut. Isso também envolve todas as qualidades anteriores da natureza inanimada, vegetativa e animada que criam a alma humana.

A alma acumula os níveis inanimado, vegetativo e animado da natureza em si e, desta forma, conecta-os em si, acrescentando a isso a conexão com o Criador. Caso contrário, esses níveis não existiriam. Só existem porque o homem e a humanidade são pré-programados. Portanto, tudo se alimenta disso.

Comentário: Só por causa desse paraíso começa: “E o fez comer os frutos do campo, e o fez chupar mel…”

Resposta: Em geral, os filhos de Israel comeram maná.

Se não fosse pela Luz superior e o maná que desceu com ela, eles não teriam nada. Claro, pode-se dizer: “mas eles coletaram algo no deserto, eles tinham vacas, ovelhas, cordeiros. Eles não fizeram nada? Não, eles agiram.

A jornada dos filhos de Israel no deserto não é um movimento constante. Eles pararam e ficaram em um lugar por vários anos. E depois seguiram em frente, como que dirigidos pelo Criador. Na verdade, pode-se ir do Egito a Jerusalém em uma semana. Essa transição durou 40 anos?! A razão é que eles ficaram em cada lugar por anos. Isto é, não se trata de alegorias, mas do caminho correto na Cabalá. Todas as transições são elevações de nível a nível. E em cada novo nível, o egoísmo foi acrescentado. Isso significa que eles viajaram uma nova distância no deserto. Ao superarem seu egoísmo, deram à luz, desenvolveram, multiplicaram o gado, etc.

De cima eles receberam o maná, ou seja, apenas a força superior de Bina, que ainda tinha que ser usada e com a sua ajuda extrair da natureza inanimada, vegetativa e animal as qualidades que se tornariam semelhantes ao Criador.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 30/01/17

Comente